Fit Cultural: o que é e como aplicar?

Ao procurar um novo emprego, o que é mais atrativo para você? O salário e os benefícios? O ambiente de trabalho? Os serviços? A empresa em si?

Provavelmente, na maioria das vezes, o salário e os benefícios costumam ser os fatores que mais chamam a atenção dos/as colaboradores/as.

Mas avaliar o fit cultural também é importante, já que ele é responsável pela sensação de bem-estar e pertencimento que a empresa gera no time. Continue com a gente e saiba mais sobre o assunto!

O que é fit cultural? 

Quando procuramos vagas de emprego, nem sempre os valores da empresa fazem parte dos nossos critérios. E isso é normal, já que buscamos voltar nossa atenção aos tópicos que são do nosso real interesse. 

Pode parecer que não, mas os benefícios e a remuneração não devem ser sua única preocupação ao se candidatar para uma vaga de emprego. É muito comum, por exemplo, acontecer de a pessoa não se encaixar no perfil da empresa, e só perceber isso depois que começa a trabalhar nela. 

Essa é uma situação ruim tanto para o/a colaborador/a quanto para a empresa contratante, já que eleva as taxas de turnover. 

Para evitar esse tipo de acontecimento, é interessante que o/a candidato/a exercite o autoconhecimento para ser capaz de compreender o que realmente está procurando. Só assim ele/ela conseguirá fazer parte de uma equipe que combine com seus valores e ideais.  

Basicamente, o fit cultural é o match perfeito entre os/as trabalhadores/as e a corporação. Para que isso aconteça, as empresas devem deixar bem claro para os/as candidatos/as de seus processos seletivos quais são seus diferenciais, sua cultura organizacional e como é o ambiente de trabalho. 

Quando o perfil do/a candidato/a bate com o da empresa, a contratação acaba se tornando muito mais fácil e agradável. 

Esse match perfeito entre os valores, crenças, atitudes, linguagem, objetivos e postura beneficia a todos/as os/as envolvidos/as. 

Qual a importância do Fit Cultural?

Quando trabalhamos com algo em que nos encaixamos, acabamos tendo mais produtividade e, consequentemente, trazendo melhores resultados. Essa conexão de energias entre a equipe e a corporação reflete no clima geral do ambiente, oferecendo benefícios mútuos. 

Portanto, saber avaliar o fit cultural do/a candidato/a com a empresa é extremamente importante, já que reflete nessa sintonia entre ambos. 

O fit cultural é responsável por garantir contratações mais certeiras, já que analisa o perfil comportamental dos/as candidatos/as, além de suas habilidades técnicas. 

Quais os benefícios do Fit Cultural?

Agora que você já sabe da importância dessa técnica e das vantagens para os negócios, separamos 5 benefícios do fit cultural para as empresas e profissionais: 

1. Aumento da conexão da equipe com a empresa

Como já abordado, o fit cultural faz essa ponte entre os interesses pessoais da equipe e da empresa. Isso fortalece as relações dentro da corporação. Ter os mesmos valores e ideais gera aproximação e melhora o clima do espaço de trabalho. 

Isso faz com que o dia a dia em equipe seja muito mais harmônico, já que o fit cultural auxilia na coesão e conexão dos/as colaboradores/as. 

2. Melhora no desempenho

Quando ocorre essa identificação, os/as funcionários/as acabam se dedicando muito mais às tarefas propostas. Assim, o desempenho e a produtividade melhoram bastante, já que a entrega dos/as colaboradores/as é maior e mais gratificante para eles/as. 

3. Contratações certas

Esse é outro grande benefício do uso do fit cultural. Avaliar de forma mais profunda o/a candidato/a eleva as possibilidades de encontrar a pessoa certa para a vaga.

O ideal é ir além dos requisitos acadêmicos e profissionais, voltando a atenção para as soft skills. 

4. Maior envolvimento da equipe

Quando os/as funcionários/as se identificam com a empresa é muito comum que haja um maior engajamento. 

Características como entusiasmo, sentimento de pertencimento e comprometimento surgem quando a pessoa se sente ambientalizada. Isso impulsiona o sucesso da empresa. 

5. Uso de profissionais adequados para as entrevistas

Para que o fit cultural seja aplicado da forma correta, é interessante que a empresa escolha um/a profissional de RH adequado/a e preparado/a para entrevistar os/as candidatos/as. 

Como utilizar o Fit Cultural no processo seletivo?

Agora que os outros aspectos já foram esclarecidos, vamos para a prática! Para utilizar o Fit Cultural no processo seletivo, veja as dicas!

Examine os atributos da empresa e defina os objetivos

O primeiro passo é rever os valores da corporação. É muito importante que a empresa saiba quais são seus valores e ideais. Além disso, ela precisa saber também quais objetivos deseja alcançar. 

É necessário que a organização tenha aspectos de liderança, boa comunicação interna, seja aberta para inovações e desenvolvimento de novas tecnologias. 

Documente a cultura da empresa

Para sair do plano das ideias, é interessante documentar as práticas da corporação. Materialize a missão e os valores da empresa em forma de documento, assim fica muito mais fácil identificar o fit cultural durante o recrutamento. 

O seu culture code deve conter: os valores da empresa, a missão, as tradições e crenças e a forma de trabalho. 

Recrutamento usando fit cultural

Para conhecer o fit cultural do/a candidato/a, é necessário que a empresa implemente durante o recrutamento as entrevistas comportamentais. A seleção é a etapa essencial para a escolha do/a candidato/a perfeito/a. 

O objetivo é construir um questionário com perguntas objetivas, a fim de analisar a resposta da pessoa em cada caso. Listamos alguns exemplos:

  • Você trabalha melhor sozinho/a ou em equipe?
  • Você se considera uma pessoa produtiva?
  • Você tem alguma motivação diária?
  • Como você reage a conflitos no ambiente de trabalho?

Com as respostas, o/a profissional de RH responsável pela seleção é capaz de entender a dinâmica de pensamento do/a candidato/a. 

Há uma coleta de dados e informações a respeito do perfil de cada pessoa e o alinhamento dessas informações com a cultura da empresa. 

Curtiu? Para mais conteúdos sobre recrutamento e mercado digital, veja também os 5 problemas mais enfrentados por rhs

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.