Virtualização da realidade: conheça essa estratégia de marketing

A virtualização da realidade está se tornando cada vez mais frequente nas estratégias de marketing dos grandes players do mercado digital. Com o objetivo de criar experiências cada vez mais imersivas e interativas, as marcas estão desenvolvendo projetos com recursos virtuais, soluções 3D, realidade aumentada e realidade estendida. 

Várias empresas também já estão apresentando aos/as seus/suas clientes a opção de atendimento por “assistentes virtuais”, que são robôs que operam com IA – Inteligência artificial, e que estão programados para interagir com os usuários.

A virtualização da realidade é a grande tendência do momento entre as marcas. A Rexona, por exemplo, fez recentemente o lançamento da “Rê”, uma assistente virtual que divide a tarefa de assistência com a função de especialista em proteção, já que a marca é famosa por seus desodorantes com proteção antibacteriana.

O conceito de virtualização da realidade está ligado ao ato de criar experiências reais, empolgantes e interativas para o público usando recursos virtuais. E no contexto do marketing há empresas apostando em vários formatos, como o desenvolvimento de branded content por meio da gamificação, modelos 3D, tour virtual, entre outras estratégias baseadas em storytellings imersivos. 

Para conhecer os projetos mais interessantes e atuais de virtualização da realidade é preciso olhar ao redor e verificar como as empresas estão investindo em campanhas que avançam neste sentido. 

Por isso, preparei para você um conteúdo bem completo, para descobrirmos juntos/as como a Inteligência Artificial e os assistentes virtuais estão dominando as plataformas digitais e as ações de marketing. Vamos lá? 

Cases de virtualização da realidade

Rexona

Já que começamos a falar sobre virtualização da realidade e utilizamos a “Rê” como exemplo, vamos aprofundar um pouco mais a estratégia da Rexona.

A marca aproveitou a ocorrência da pandemia de Covid-19 e utilizou a assistente virtual especialista em proteção para dar dicas sobre higienização das mãos, algo importantíssimo para evitar o contágio do coronavírus. Foi uma ação super pontual, feita no momento correto e extremamente oportuna.

A “Rê” também dá dicas de como evitar o odor durante a realização de atividade física e como evitar o suor em diversas situações do dia a dia. A Rexona até criou uma ação especial chamada de Check or Fake, para o lançamento da assistente.

Nas redes sociais, as pessoas eram convocadas para fazer um teste de conhecimento sobre higienização das mãos, reforçando o sabonete antibacteriano Rexona como um aliado. Participaram da ação algumas personalidades brasileiras, como o casal Sandy e Lucas Lima.

Amaro

A virtualização da realidade, ou seja, a interação entre o ser humano e a máquina, também faz parte da estratégia da Amaro. A assistente virtual da marca, batizada de “Mara”, tem 29 anos e foi criada por um time formado por diversos profissionais digitais, como diretores/as de arte, programadores/as, designers, fotógrafo e uma modelo.

Gerada durante a pandemia, a assistente virtual da Amaro foi feita com o time trabalhando em home office. A aposta da marca na virtualização da realidade é criar uma personagem que entende de moda, apresenta seus looks prediletos e tem até um mapa astral. 

Ou seja, a “Mara” se parece bastante com as clientes da marca e está preparadíssima para dar ótimas sugestões sobre os produtos da empresa.

Mais detalhes sobre ela: a Mara nasceu no dia 1 de maio, é do signo de Touro com ascendente em Sagitário, ama cachorros e gosta de moda minimalista, ela usa peças clássicas e está sempre ligada nas tendências.

Cielo

A virtualização da realidade da Cielo chegou com a “Elô”, uma mulher batalhadora, de origem simples e que lutou muito para conquistar o seu espaço. Formou-se em Administração de Empresas e fez pós em design UX.

A “Elô” teve uma carreira repleta de desafios e com muito crescimento dentro da Cielo. Começou no setor de telemarketing, mostrou seu talento e atuou no departamento financeiro, logística, comercial e é líder da plataforma de Atendimento ao Cliente da marca.

O objetivo da assistente é solucionar o problema do cliente, sempre. É interessante notar que a virtualização da realidade elaborada pelo branding da Cielo deu origem a uma personagem empreendedora, amigável e muito trabalhadora – exatamente o perfil dos/as clientes que precisam das soluções financeiras da empresa. Ou seja, uma aposta certeira!

Ultragaz

A Ultragaz também investiu na virtualização da realidade para humanizar o atendimento pelo chatbot. A ação para escolher a assistente virtual teve até votação e a ganhadora foi a “Ully U”, graduada em comunicação e com 36 anos de idade.

Ao todo, mais de 39 mil pessoas votaram nas candidatas e a “Ully U” recebeu mais de 87% dos votos. Para o setor de marketing da empresa, a virtualização da realidade é capaz de oferecer mais empatia no relacionamento com o cliente e garantir mais agilidade na solução de problemas. 

E o voto popular mostrou que é importante para a Ultragaz a participação do público em suas decisões. 

Natura

A Natura é uma das empresas mais inovadoras do Brasil e a estratégia de virtualização da realidade é extremamente eficiente. Também com o objetivo de humanizar o atendimento e dar mais agilidade aos contatos, a empresa lançou a “Nat”.

O atendimento pelo chat, com o suporte da “Nat”, ganhou novas funcionalidades, como fazer pagamentos, consultar status de pedido, pedir segunda via do boleto e até mesmo renegociar dívidas.

A “Nat” está preparada para atender 24h por dia e tirar dúvidas dos/as consumidores/as da Natura com o máximo de eficiência e segurança. A expectativa da empresa é diminuir em, pelo menos, 30% os contatos feitos na Central de Relacionamento com a implantação da virtualização da realidade.

Casas Bahia

O novo “Baianinho”, que agora se chama “CB”, é o personagem escolhido para a virtualização da realidade de um dos maiores varejistas do Brasil, a Casas Bahia. Ele foi remodelado, trocou o chapéu de nordestino por um boné, deixou a roupa de vaqueiro para trás para usar jeans, tênis e camiseta. Está sempre com um simpático sorriso no rosto.

O “CB” é um daqueles adolescentes ligados em tecnologia e que está pronto para ajudar clientes de todos os perfis, idades e localidades do Brasil que estão usando a plataforma digital das Casas Bahia.

Além de estratégias de lançamento em canais digitais, a virtualização da realidade das Casas Bahia apostou em um filme para o comercial de TV em horário nobre, no domingo, para que o “CB” ficasse bastante conhecido.

O “CB” tem funções muito importantes na estratégia de marca da empresa, como abordar temas como diversidade e sustentabilidade. O personagem foi inspirado em produções de alta definição da Pixar e Disney, além de ter uma linguagem hiper-realista e muito lúdica.

O personagem para virtualização da realidade da empresa, que faz parte do Grupo Via Varejo, também realizará o atendimento ao cliente nas plataformas digitais.

Quais são os benefícios da virtualização da realidade?

Os clientes que são recebidos em plataformas digitais por assistentes criados em estratégias para virtualização da realidade vão encontrar um sistema de atendimento humanizado e mais eficiente.

As empresas investem muito em tecnologia para dar mais agilidade aos processos de atendimento, para oferecer diversas soluções pelo chatbot, desde sugestões até emissão de boletos de pagamento.

A intenção é oferecer um atendimento muito próximo ao de uma pessoa real, mas realizado por um robô com Inteligência Artificial.

Virtualização da realidade e criação de conteúdo

Quais são as informações passadas pelos robôs de atendimento das marcas que usam assistentes para virtualização da realidade?

Os/as criadores/as de conteúdo estão cada vez mais envolvidos nas estratégias de atendimento ao cliente. As soluções de Inteligência Artificial identificam informações-chave e devolvem respostas criadas por profissionais que conhecem a ferramenta.

Na prática, existe um catálogo de respostas elaboradas por profissionais digitais, selecionadas por um software e entregues ao cliente durante o atendimento. 

Toda interação entre ser humano e robô só acontece graças à criação de conteúdos baseados em dados e em uma comunicação que seja capaz de transmitir verdade e que promova conexões profundas entre marca e cliente. 

No radar do Facebook: o que precisamos saber sobre a novidade e a plataforma 

Muitos/as especialistas acreditam que a grande aposta de crescimento do Facebook para os próximos anos está na Realidade Virtual. A empresa é dona da Oculus, subsidiária que produz headsets de realidade virtual. 

Além disso, a rede social também tem um laboratório próprio para desenvolver soluções para a virtualização da realidade. Reunindo os/as melhores desenvolvedores/as e engenheiros/as do mundo, a empresa pretende construir o futuro das conexões por meio da realidade virtual e da realidade aumentada. 

Entre os objetivos do Facebook, estão:

  • Desenvolver óculos e headsets de realidade virtual inovadores;
  • Evoluir a área de visão computacional, áudio, gráficos e interface cérebro-computador;
  • Criar soluções com interação tátil, rastreamento de corpo inteiro, ciência da percepção e telepresença real. 

Outra novidade do Facebook é o Facebook Horizon, uma plataforma na qual os/as usuários podem explorar mundos virtuais, participar de desafios, se envolver em jogos multiplayer e em experiências interativas com scripts visuais. 

Todos esses investimentos têm o objetivo de expandir a experiência de virtualização da realidade para um número cada vez maior de pessoas. Sua empresa precisa se preparar para esse futuro! Conte com a ajuda do time da Gama Academy para isso!

Luis Quintanilha

Sou um Growth Hacker e Estrategista que atua na criação, planejamento, inbound marketing e growth e gestão. Trabalho com o propósito de impactar vidas. Me ensine, me deixe ajuda-lo e vamos crescer juntos buscando soluções criativas contribuindo para um mundo melhor. :)

Atualmente trabalho na Gama Academy, uma empresa onde consigo aliar meu propósito ao objetivo da Gama Academy de transformar talentos. Atuamos com treinamento e recrutamento de profissionais ao mercado digital. Se você está precisando contratar, desenvolver suas habilidades ou treinar seu time, fale comigo, será um prazer ajudar!

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.