UX e CRO – a importância das duas áreas para estratégias de conteúdo

Uma estratégia de conteúdo de alta qualidade e efetividade precisa conciliar UX e CRO. Essas duas áreas são muito importantes para os/as profissionais que atuam no mercado digital, principalmente para obter maiores taxas de conversão e a satisfação dos/as clientes, proporcionando uma experiência incrível em plataformas digitais.

Na verdade, quando os times de marketing digital e design trabalham em busca de um objetivo comum e conseguem intercambiar UX e CRO, fica mais fácil perceber qual é a causa e o efeito dessas duas estratégias e como elas podem potencializar os resultados. 

A UX (User Experience) influencia diretamente nas taxas de CRO – o número de conversões de um site, app ou e-commerce. Alguns/algumas especialistas em produtos digitais acreditam até que UX e CRO são faces diferentes da mesma moeda.

Por isso, é importante saber o que é UX e CRO e em que momento essas duas áreas se encontram e passam a andar de mãos dadas nas estratégias online.

O que é UX e CRO?

UX significa experiência do usuário, que é quando várias áreas se relacionam em busca de oferecer uma satisfação completa para a pessoa que utiliza um produto digital. E isso é feito por meio das estratégias e decisões de design e conteúdo. 

Vários fatores são importantes para a UX, como interface amigável, plataformas responsivas, velocidade no carregamento das páginas, disposição dos conteúdos em uma página, facilidade para usar login e senha e uma série de outros fatores que são importantes para entregar uma boa experiência do usuário.

CRO significa Conversion Rate Optimization e pode ser entendido como “taxa de conversão”, pois é assim que chamamos no nosso dia a dia de trabalho em agências, startups e nos principais players do mercado digital.

Quando as empresas sabem quais são as taxas de conversão, ou CRO, o caminho para aumentar as vendas e melhorar resultados fica muito mais claro e assertivo. Isso favorece o planejamento e proporciona dados importantes para que os times se concentrem em fazer um negócio prosperar no mercado digital.

Agora, quando UX e CRO se encontram, como elas interagem entre si? É isso que você vai ver a seguir! 

UX e CRO: uma relação perfeita para empresas que querem crescer

UX e CRO são complementares e se influenciam mutuamente. Muitos/as profissionais digitais, desde aqueles/as que atuam em marketing digital até os/as designers, utilizam a CRO como métrica para validar as ações voltadas para a experiência do usuário.

Se a UX está sendo satisfatória, as taxas de conversão tendem a aumentar. Caso contrário, elas despencam e as empresas precisam identificar os motivos que causam a fuga de usuários e reduzem a CRO.

Por isso, UX e CRO estão lado a lado, já que, ao prestar atenção nas taxas de conversão, fica mais fácil identificar os passos a serem tomados no sentido de comprovar a experiência do usuário com dados concretos, com informações qualitativas e quantitativas que ajudam na tomada de decisão e criam uma visão analítica sobre o produto digital.

No fundo, UX e CRO funcionam para gerar valor para a empresa e entregar valor para o usuário.

A CRO pode ser igual aos pedidos de compra em um número X de sessões, por exemplo. E se esse indicador for satisfatório, significa que os esforços para vendas estão funcionando conforme esperado.

A CRO pode ser medida em porcentagem: uma empresa determina que precisa de X% de conversões em uma página ou app. E, caso isso não aconteça, significa que uma série de medidas para melhorar a UX pode ser tomada, com foco na performance da plataforma digital. 

Em alguns casos, uma simples mudança na disposição das informações e elementos de uma página ou a produção de um conteúdo UX bem planejado pode aumentar as conversões e fazer com que a empresa atinja seus objetivos. 

Como trabalhar com UX e CRO voltados para o usuário

O mais importante é que UX e CRO consigam apresentar resultados mensuráveis e que ampliem o número de visitantes em sites, compras ou downloads de apps.

Na prática, como isso acontece? Separamos uma lista que vai ajudar você a entender e colocar no seu dia a dia de trabalho uma série de ações que combinam UX e CRO.

1 – UX e CRO não devem ser focadas apenas em números

Estamos tão acostumados/as a trabalhar com dados, planilhas e números para nossas tomadas de decisões que, às vezes, nos esquecemos do lado humano da coisa. Em algumas situações, quanto mais próximos estamos dos dados, mais distantes ficamos da experiência do usuário.

Para que UX e CRO tenham o efeito esperado, o time precisa sempre lembrar que atrás de cada número na planilha existe uma pessoa em busca de um produto ou serviço que funcione, satisfaça e entregue valor. 

Por isso, a solução aparece quando pensamos em estratégias que convencem, impulsionam e realmente melhoram a experiência do usuário.

2 – Fazer pesquisas e entrevistas com foco em UX e CRO

Como melhorar a UX e CRO de uma forma consistente? Quando estamos tratando com pessoas, precisamos conhecê-las mais profundamente, e as entrevistas são muito recomendadas para a coleta de informações valiosas.

Além dos dados básicos, como interesses, estilos de vida e informações demográficas, é preciso se voltar para expectativas e necessidades dos/as usuários, conversando com eles/as pessoalmente, pelo Zoom ou usando um sistema de formulário do Google para captar os dados.

As redes sociais também são excelentes para encontrar entrevistados/as com o perfil ideal! Essas pesquisas ajudam a criar protótipos, fazer testes de usabilidade e aprimorar o design com foco no usuário e em suas demandas reais. 

3 – UX e CRO voltadas para personas

Com base nas entrevistas feitas, fica mais fácil de a sua equipe criar personas, que são usuários fictícios que representam as pessoas ideais, as quais vão gerar muitas conversões no seu site ou negócio, graças a uma boa experiência do usuário.

Duas ou três personas são suficientes para a tarefa, e você pode usar ferramentas online para essa parte da criação, pois elas são muito úteis para que o perfil seja completo, contendo desde o histórico de vida até os interesses pessoais de seus/suas clientes ideais. 

4 – Realização de testes A/B

O trabalho de UX e CRO no design é voltado para a criação de protótipos para fazer testes rápidos daquilo que funciona e que oferece uma boa experiência ao usuário. É importante fazer os testes A/B para trabalhar com dados sólidos e otimizar as conversões em sites, apps e lojas virtuais. 

Depois que os dados dos testes estiverem com o time, os próximos passos consistem em criar páginas diferentes e ver qual aumenta as conversões, verificar carrinhos de compras abandonados e criar soluções personalizadas para aumentar CRO.

5 – Hotjar e Crazzy Egg

Utilize ferramentas que servem para mapear as zonas de calor do site, que são essenciais para sua equipe analisar os dados que mostram quem deixou de comprar e quais motivos estão afastando as conversões.

Então, medidas de UX podem ser adotadas com base neste levantamento, como alteração de botões, retirada de banners que só atrapalham a experiência do usuário, remover distrações e tornar o processo de conversão mais objetivo.

Medidas de UX e CRO que são muito eficientes para o seu negócio

Com as informações que passamos acima, você pode se debruçar sobre o produto digital e se perguntar: “como posso melhorar a experiência do usuário para aumentar as conversões e vendas?”

As medidas acima são as mais conhecidas pelos/as profissionais que combinam UX e CRO, mas não são as únicas.

Ações de copywriting, que buscam uma escrita correta, fácil de entender e que cria uma comunicação eficiente e interessante com o usuário são ótimas para aumentar as conversões.

Reconhecer os caminhos de cada pessoa no site através da jornada do usuário também permite adotar medidas de UX para que este trajeto, do acesso até a conversão, seja muito mais agradável.

Levantar todas as hipóteses e encontrar as soluções para os problemas levantados também é uma forma de antever falhas e juntar UX e CRO para proporcionar uma experiência bem acima da média para o/a seu/sua cliente. 

Várias ferramentas são usadas pelos times de UX Design com foco em UX e CRO. As principais são as seguintes: Google Analytics, Hotjar, Eye Tracking, Testes A/B e de usabilidade, Benchmark para conhecer concorrentes, conversas com usuários e live chat.

O mais importante, e que serve de lição nessa nossa conversa, é entender que UX e CRO fazem parte da mesma estratégia e que o sucesso de um negócio depende de um trabalho harmonioso e competente nessas duas áreas, em busca da boa experiência do usuário! 

Quer saber mais sobre a área de UX/UI Design? Então, corre para conhecer o curso bacanudo que a Gama Academy oferece!

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

formacao-product-design-banner

Gama Experience - Formação em Product Design