De tarefas a truques: a UX no game Among Us

Vamos mergulhar no design por trás do game.

Talvez o espaço sideral seja perfeito… um espaço para colaboração e inovação, mas também para sabotagem e trapaça. Isso é o “Among Us”. O game de imenso sucesso foi lançado em novembro de 2018 pela InnerSloth Games, uma empresa de jogos independente com sede em Redmond, Washington.

O game decolou nos últimos meses. Muitos influenciadores de videogames populares estão postando vídeos e transmissões ao vivo desse jogo. O YouTube relata que os vídeos sobre Among Us acumularam mais de quatro bilhões de visualizações em setembro. 

Vídeos no TikTok que usaram a hashtag #AmongUs acumularam mais de 13 bilhões de visualizações até hoje. Atualmente, o game tem 60 milhões de usuários ativos. No entanto, esse sucesso todo não foi feito da noite para o dia. A quantidade média de usuários ativos em 2018 era de cerca de 30 a 50 em média.

O game está disponível para iOS (iPhone/iPad), Android e Microsoft Windows. O jogo também está disponível no Steam, uma plataforma de distribuição de games online, para PC, mas não para Mac.

A diversão de ser um companheiro de tripulação ou um impostor vem da interatividade, simplicidade e conversas rápidas do jogo com outros jogadores.

Vamos analisar os prós e contras do design desse game. 

Prós

1. Uso de som para visibilidade e feedback imediato

O som é muito significante e fornece feedback imediato. Como uma mecânica básica, os jogadores podem ouvir seus passos enquanto caminham pela espaçonave que é responsável por os imergir no jogo. 

O som também desempenha um papel na jogabilidade, guiando os jogadores ao completar tarefas. Por exemplo, o jogo reproduzirá sons para ajudar os usuários a memorizar padrões em uma sequência de botões. Clicar em qualquer botão individual aciona um som único, dando ao jogador um feedback audível quando as opções táteis não estão disponíveis na superfície plana de um iPad. O som fornece visibilidade porque o jogo reproduzirá sons quando um jogador completar uma tarefa ou errar em algo. Em conjunto com os elementos visuais, o som no jogo é um bom elemento de verificação.

2. Botões para orientar os jogadores 

Os botões do jogo utilizam restrições físicas para evitar erros e fazer os usuários se comportarem de acordo com a forma como o game foi programado. No jogo, os botões do lado direito são usados para relatar uma cena de crime ou acessar itens no mapa para completar uma tarefa. 

O jogo é excelente em comunicar quando usar certas funções porque os botões acendem quando um jogador está perto de um item interativo. No entanto, se o item estiver longe, o botão fica desabilitado. 

O botão de relatório só pode ser pressionado quando um jogador vê um cadáver. Among Us tem sucesso em usabilidade porque torna mais fácil para os jogadores, especialmente os novatos, saberem com que coisas eles podem interagir, em vez de tentar adivinhar e clicar constantemente em botões até que algo aconteça.

3. O envolvimento criativo da memória de trabalho é divertido

A memória de trabalho é a informação temporária que está em uso na mente de alguém. Grande parte da diversão no jogo gira em torno de reunir informações sobre outros jogadores para “suspender” ou expor o impostor. Os jogadores devem manter o controle de onde encontram outros jogadores, onde eles estavam, quais tarefas eles estavam fazendo e como tudo isso pode se conectar. 

Essas informações vão simultaneamente para a área visuoespacial (informações visuais ou espaciais) da memória de trabalho e para a área fonológica (informações auditivas e verbais). Quando é hora de bater um papo com outros jogadores por meio da caixa de bate-papo integrada ou por chamada de voz externa, os jogadores experientes ficam de olho no que os outros jogadores dizem sobre sua sequência de eventos para que possam combinar as informações com sua própria sequência e encontrar ou criar buracos na jogabilidade.

4. Não precisa de conta – Menos barreiras para a participação 

Existem poucas barreiras para participar. O download do aplicativo para iPad é gratuito na Apple App Store, e os usuários nem precisam de uma conta. Eles apenas clicam, digitam um nome de usuário e estão prontos para jogar.

5. Uso da lei de Fitts para facilitar a navegação dos controles

A lei de Fitts estabelece que o tempo que leva para um usuário atingir seu alvo em uma tela depende (1) da distância do cursor até o alvo e (2) do tamanho desse alvo. Para telas sensíveis ao toque, um cursor é simplesmente a mão do usuário. 

Os controles do jogo são fáceis de navegar, assumindo que o usuário tenha controle motor total de suas mãos. Os jogadores podem usar o polegar para controlar o recurso de joystick na borda esquerda inferior do iPad, o que significa que a distância para alcançar o alvo que controla o movimento é significativamente reduzida segurando o dispositivo. 

Praticamente não há distância. Os jogadores também podem aumentar o tamanho do recurso de joystick em suas configurações. Simultaneamente, a mão direita pressiona os botões inferiores direitos, que também são alvos relativamente grandes e com distância mínima.

Embora algumas tarefas exijam que os usuários arrastem e movam coisas pela tela a alguma distância, os alvos são relativamente grandes e fáceis de acessar. Também é fácil sair da tela de tarefas. 

Embora haja um botão X superior esquerdo, os usuários também podem sair da tela de tarefas pressionando qualquer área fora dessa caixa, então o jogo é muito tolerante, mesmo se os jogadores errarem o alvo.

Contras 

1. Problemas de disponibilidade em algumas tarefas

Às vezes, a forma como as tarefas são apresentadas pode tornar difícil saber por onde começar para concluí-las – fornecendo recursos insuficientes. Por exemplo, uma tarefa de nó me trouxe muita dificuldade, até que vi um streamer de game apenas arrastar a luz pela tela como um labirinto. 

Além disso, não há um tutorial no jogo para ensinar aos jogadores como completar todas as tarefas, então eles teriam que consultar uma fonte externa. Isso pode atrapalhar o jogo. Embora a falta de recursos possa não ser um desafio para alguns jogadores, pode ser especialmente desanimador para os novatos.

2. Informações enganosas devido à grande base de jogadores

Há informações enganosas porque o game tem muitos jogadores. Por exemplo, se os jogadores tentarem entrar em uma sala de jogo coletivo, às vezes o game dirá que a sala está aberta para mais pessoas, mas quando eles clicarem nela, o jogo pode mentir e dizer que a sala já está cheia. Entrar em uma sala pode exigir várias tentativas, e é difícil escolher uma sala com base em um nome de tela por causa disso. Isso pode ser muito frustrante para os jogadores.

3. Uso ineficiente da área periférica do jogo  

A visão periférica é o tipo de visão em que as coisas estão fora de foco e abrange uma área à qual os usuários normalmente não prestam atenção, a menos que haja grandes objetos brilhantes ou movimento significativo. A área periférica do jogo geralmente corresponde aos lados do jogo porque o jogador permanece focado no movimento de seu personagem. 

Por exemplo, quando alguém entra em uma sala no mapa, o jogo vai dizer qual é o nome da sala, mas de uma forma muito sutil. O texto branco com um contorno preto fino pode ser difícil para os usuários verem, especialmente se eles têm baixa visão. 

Lembrar-se da sala em que um jogador estava é uma informação importante para ajudá-lo a vencer o jogo, pois pode alavancar seu álibi na tentativa de expulsar o impostor ou ocultar sua identidade como impostor. Mas se o nome da sala for difícil de notar, isso vai contra o propósito. A acessibilidade é importante para criar não apenas um ambiente inclusivo, mas também uma experiência mais agradável.

4. Plataformas extras necessárias para uma comunicação mais rápida

Os jogadores podem optar por bater um papo com seus amigos ou outros jogadores usando chamada de voz, que é uma maneira mais rápida de se comunicar do que o recurso de chat do jogo. Isso pode ser favorável, pois digitar leva mais tempo. Portanto, seria necessário fazer o download ou entrar em outro serviço como o Discord, Zoom, Skype ou Facetime durante o jogo. Esta pode ser uma experiência ruim para os usuários, pois eles precisam controlar vários aplicativos ao mesmo tempo.

Reflexão: impacto social

Pessoalmente, Among Us tem sido um dos meus games favoritos nos últimos tempos, e os prós e o impacto social positivo definitivamente superam os contras ao fornecer uma ótima experiência de jogo. Também é importante observar que alguns contras, como a falta de recursos, podem ser intencionais para fornecer desafios no jogo. O que pode ser uma desvantagem para jogadores novatos pode ser algo positivo para os mais experientes, que querem uma camada adicional de dificuldade em um jogo móvel. As decisões de design no jogo podem ser justificadas por meio de pesquisas de usuários que não são amplamente divulgadas. 

A popularidade de Among Us pode significar um impulso maior do que o que já existia no incentivo aos dispositivos móveis para jogos. Do jogador profissional ao novato, todos estão jogando e em vários dispositivos, como computadores, tablets ou smartphones. 

Pessoas diferentes podem se conectar. As barreiras mínimas de entrada também contribuem para a popularidade do jogo. No passado, os jogadores profissionais e streamers só jogavam jogos de computador complicados ou games que exigiam hardware e consoles caros. Agora, o jogo pode ser um pouco mais inclusivo.

Além disso, há muito a dizer sobre como os games facilitam a socialização. Este jogo fornece mais uma maneira de os amigos se conectarem e, durante a pandemia, as pessoas podem buscar outras maneiras de terem momentos de diversão com distanciamento social. 

O jogo permite a construção de uma comunidade de maneira rápida. As pessoas também podem fazer amizade com outros usuários do game. Já ouvi histórias de pessoas que jogam e pedem informações de mídia social para que possam fazer chamadas de voz, agendar jogos regulares e fazer amigos. Intencionalmente ou não, o Among Us pode ser um espaço para fazer amizades.

Outra implicação social está centrada nas regras do jogo face ao anonimato. Jogadores de Among Us podem permanecer completamente anônimos. Como o jogo não requer uma conta, o que quer que aconteça no game não pode ser virtualmente vinculado a nenhum jogador. Isso pode estimular algumas pessoas a usarem linguagens inapropriadas ou até mesmo a dizer coisas que discriminem algumas comunidades. 

Embora haja uma função de censura, palavrões não são censurados nos nomes de telas. O anonimato do jogo também aumenta a preocupação com o bullying, especialmente porque não há exigência de idade mínima para jogar.

De qualquer forma, o game Among Us está se tornando cada vez mais popular, e será interessante ver sua trajetória daqui para frente. 

Este é um artigo traduzido, você pode acessar a versão original em inglês aqui. Todos os créditos para o autor: Christian Paneda

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

formacao-product-design-banner

Gama Experience - Formação em Product Design