Os quatro H’s do mercado de startups: quem são esses/as profissionais?

Há alguns anos, havia inúmeras reportagens falando sobre as empresas do futuro, os empregos do futuro e as novas formas de se trabalhar.

Acompanhamos atentos/as o crescimento de startups como Xiaomi, Evernote e, posteriormente, Airbnb, Uber e Snapchat. 

Percebemos que o tão falado “futuro” se tornou o presente em um piscar de olhos. O tempo não precisou passar demais para que as oportunidades no mercado digital surgissem para quem decide atuar em algumas áreas mais próximas as tecnologias.

Só que tudo isso — ainda — está acontecendo enquanto você se atualiza com nosso conteúdo, agora mesmo. Além disso, as mudanças do mercado serão cada vez mais acentuadas nos próximos anos. E, acredite, existem muitas oportunidades para o seu perfil.

No Brasil, temos ótimos exemplos de ideias simples que se transformaram em grandes empresas em seus devidos setores, como Nubank, Hotel Urbano, iFood e Conta Azul.

Todas essas empresas de tecnologia têm em comum um pilar básico de profissionais do agora:

  • Hacker
  • Hipster
  • Hustler
  • Hyper

Aqui, os reconhecemos como os 4Hs do mercado digital.

Para ajudar você a se encontrar em uma dessas áreas, vamos explicar melhor as características e habilidades de cada uma.

Encontrar-se em uma área de atuação e iniciar uma jornada profissional é uma decisão importante e que vai abrir um novo caminho para sua carreira.

A áreas do mercado digital que estão com força no momento

No mercado profissional, agora a pauta é: quem irá ajudar a manter o crescimento das empresas digitais e startups e, ainda, quem irá fomentar o ecossistema com novas ideias? 

É hora de debatermos sobre os/as profissionais que estão sendo requisitados/as agora pelo mercado digital e por diversas startups.

Você precisa saber como cada um/a desses/as profissionais, com suas respectivas hard e soft skills, estão se preparando para disputar as vagas e conseguir uma posição em uma empresa, fazendo proveito do universo corporativo da tecnologia.

Leia também: O que são soft skills e como isso pode acelerar sua carreira?

Veja como o/a hacker, hipster, hustler e hyper chegaram ao mercado para ficar, definitivamente.

Quem são os profissionais do mercado digital atual?

Eu já disse antes, mas responder essa pergunta é fácil. Pense que, numa empresa, existem processos essenciais a serem cumpridos para que ela se torne sustentável:

  • Ela precisa entender o público e os problemas a serem resolvidos;
  • Precisa se comunicar com esse público;
  • Precisa de tecnologia;
  • Precisa vender.

Essas funções básicas são justamente desenvolvidas por 4 tipos de profissionais que estamos falando desde o início deste artigo. E eles/as são:

  • Hacker: Desenvolvedor/a
  • Hipster: Designer UX/UI
  • Hustler: Vendedor/a
  • Hyper: Digital Marketer

Até aí tudo bem, você já deve ter percebido isso — principalmente se for uma pessoa ligada no que está rolando no mercado digital atual e que acompanha as notícias e vagas.

Atualmente, existe um alto número de vagas abertas nesses mercados e que não são preenchidas por falta de gente com conhecimento suficiente para ocupá-las.

É inacreditável. Mas, isso demonstra um enorme gargalo existente na formação de cursos universitários, por exemplo. 

Hoje, as Universidades não conseguem preparar — de maneira completa — um/a profissional para atuar em uma empresa que nasce digital e com ideias ainda em construção.

Não preparam pessoas para lideram com as novas dinâmicas de mercado e, muito menos, com inteligência emocional para lidar com essas mudanças.

Mas calma. Eu acabei de compartilhar com você quais são as vagas e profissionais que são mais requisitados/as por essas empresas hoje.

São estes/as profissionais que as startups procuram para ocupar as inúmeras cadeiras vazias em seus times.

São esses 4 Hs que representam os/as profissionais que estão dominando o mercado e ocupando as vagas que você vai gloogar hoje. Então, sem mais delongas,confira abaixo as características de cada profissional: 

1º H | Os/as Hackers

O primeiro “H”, os/as Hackers, são os/as desenvolvedores/as web e mobile, front e back-end. São eles/as que irão colocar em prática tudo o que é planejado e enviar para o virtual.

Hoje, os/as Hackers — profissionais da área de tecnologia — ainda são os/as mais procurados/as por startups: 46,26% das vagas disponíveis são direcionadas a essa stack.

Sabe aquela pessoa que passa o dia ligada na frente de um note, testando códigos de uma ou mais linguagens de programação?

Faz laços, monta sistemas para entrada e saída de dados, gosta de lógica de programação, Java, Javascript, HTML, C, Git, Bootstrap, CSS, e outras linguagens?

Se você se identificou até aqui, é bem provável que este seja seu caminho para conseguir uma das vagas no mercado digital.

Além de ser um/a programador/a engajado/a, os/as profissionais que atuam em startups precisam ficar atualizados/as, manter a mente aberta para novas estratégias e tecnologias, saber trabalhar em equipe, entre outras habilidades hackers.

Normalmente, os/as hackers dominam uma linguagem e têm noção das outras, já que a lógica não muda, diferentes são os comandos e operações.

Mas fique tranquilo/a, nós, da Gama Academy, vamos dar uma forcinha (ou um empurrão forte mesmo!) para você desenvolver todas as habilidades dos/as hackers para o mercado digital.

2º H | Os/as Hipsters

No time dos/as Hipsters, estão os/as profissionais ligados/as à área de design.

São aqueles/as mais focados/as na usabilidade de produtos e experiência do/a usuário/a, além de web design e design em geral.

Não basta criar um layout bonitinho no Photoshop, os/as hipster possuem conhecimento técnico de verdade.

Entre as habilidades exigidas para os/as hipsters em startups estão saber analisar e trabalhar conforme métricas, elaborar protótipos profissionais para saber se um produto atende a expectativa do/a usuário/a e saber quais são as tecnologias mais atuais para trabalhar com design.

Os/as hipsters também precisam conhecer todos os fundamentos de UX e UI.

Conhecer muito bem os/as usuários/as, colocar-se no lugar dele/a e explorar todas as habilidades para oferecer uma experiência incrível para o/a cliente é uma das principais habilidades como designer.

Para isso, existem diversas metodologias de pesquisas que entregam dados atualizados e confiáveis. Com todas essas informações, os aplicativos, sites e produtos ficam com o visual e a usabilidade mais interessantes, criativas e assertivas.

Na prática, são os/as hipsters que levam os/as usuários/as a completarem as ações e utilizarem o serviço da Startup.

3º H | Os/as Hustlers

Os/as Hustlers atuam na área de vendas, BizDev e Customer Success das empresas.

Estão no 2º lugar no ranking de vagas de emprego nas Startups com 24,41% das vagas. Ou seja, se as habilidades hustlers derem um “match” com o seu perfil, existem muitas oportunidades em startups!

Os/as hustlers fazem parte daquele pessoal que deve possuir o seguinte lema: “Vendedor/a não pede licença, pede desculpas”. Gravou? Beleza! Mas ninguém engata uma carreira construtiva no mercado digital com conhecimentos superficiais.

Por isso, o/a hustler precisa dominar os fundamentos de inside sales, saber obter e analisar as métricas de vendas para fazer uma gestão eficiente, conhecer os processos e abordagens mais atuais para atingir o público da startup e, com isso, criar uma carreira diferenciada e criativa em vendas.

Claro, ser uma pessoa para frente, informada, produtiva, mente aberta, ligada em tecnologia e com facilidade para se relacionar com pessoas, sejam elas clientes ou membros da startup, faz parte das skills.

4º H | Os/as Hypers

E por fim, os/as Hypers são responsáveis pelo Marketing Digital. Esses ou essas profissionais são diretamente responsáveis por alavancar as startups.

Fazem pesquisas, testes, analisam métricas e usam muitas planilhas. Além disso, são especialistas em conteúdo, jornada do consumidor e mindset de growth.

Como já estamos alertando desde o primeiro de todos os 4Hs que fazem parte das profissões atuais do mercado digital, não basta ter conhecimento superficial para trabalhar como hyper em startup.

Por isso, entre as skills de hyper estão: lidar com gestão de projetos, fazer a nutrição de leads, realizar a automação de marketing, entender e elaborar o funil de vendas Inbound/Outbound e implantar o creative marketing.

Também é importante dominar os conceitos, técnicas e atualizações de SEO/SEM, CRO e todas as tecnologias de Analytics, principalmente as mais usadas, é claro.

Ou seja, é muito conhecimento que será usado no dia a dia do seu trabalho na startup. Mas, calma!

diversas possibilidades de atuação dentro da área do Marketing Digital e você pode até mesmo se especializar em uma ou mais frentes, como, por exemplo: marketing de conteúdo, performance, Growth Hacking, e por aí vai.

Como se tornar um dos 4 Hs?

Depois de uma explicação dessas você já deve ter se encontrado entre os estilos de trabalho hacker, hipster, hustler ou hyper e, talvez, quer começar a investir na sua carreira agora mesmo.

Isso porque as oportunidades nas startups estão aparecendo todos os dias e até mesmo sobrando, por falta de pessoas preparadas e com as habilidades necessárias para desempenhar o cargo com excelência.

Uma das formas mais eficientes para formar esses/as novos/as profissionais é dentro das próprias startups.

Nesses ambientes, há um contato próximo desde o primeiro dia com a atmosfera, com as demandas, frustrações e sucessos do negócio. Esses ambientes são bem diferentes de locais tradicionais de trabalho. 

Além disso, se conectar com outros/as profissionais da área para descolar uma mentoria ou acompanhar pessoas que produzam conteúdos que possam te ajudar também é uma opção.

Você também pode contar com os nossos cursos online, que te aproximam desses profissionais e, ainda, estimulam a aprendizagem pela prática.

Vale lembrar que a Gama Academy também conecta potenciais candidatos/as às startups parceiras que estão em busca de aumentar seu time. E aí, em qual dos “4 Hs” você se encaixa? Comece agora mesmo e conte conosco!

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.