Power skills para desenvolver em seu time

As power skills correspondem à junção das hard e soft skills 

A combinação das soft skills e hard skills são fundamentais para o desenvolvimento do colaborador ideal para uma empresa. Porém, no departamento de gestão de pessoas, um novo conceito ainda é pouco disseminado: power skills.

Atualmente, o mercado de trabalho sofre com mudanças constantes, que demandam adaptação dos profissionais e líderes de recursos humanos. 

Mesmo que os conhecimentos técnicos ainda sejam primordiais, é necessário somá-los às habilidades pessoais e comportamentais. Desenvolver essas competências permite que o profissional possa crescer em sua carreira. 

Segundo a Career Builder, 77% dos empregadores consideram que as habilidades sociais são tão importantes quanto as técnicas.

O que são power skills?

As power skills (em português, habilidades de poder) são um conceito novo no mercado de trabalho, que se refere às habilidades comportamentais e pessoais. Essas competências são capazes de diferenciar os profissionais qualificados dos medianos. 

Por sua vez, as power skills não podem ser medidas com testes ou por instituições. Elas são responsáveis por diferenciar o indivíduo e torná-lo insubstituível. 

Na prática, power skills é apenas uma nova forma de se referir às soft skills, já que esse nome é inadequado e sugere que seriam competências fáceis de se adquirir. 

Por conta da transformação digital, os consumidores estão cada vez mais exigentes. Logo, as empresas querem contratar profissionais que tenham a soma das competências técnicas com as comportamentais. 

Dessa forma, além de apresentar os conhecimentos técnicos, o profissional também precisa ser comunicativo e estabelecer relações com todas as pessoas envolvidas no ambiente organizacional. 

As power skills refletem a junção das soft e hard skills. A ideia é o desenvolvimento de um colaborador com conhecimentos técnicos potencializados e a capacidade de lidar com o cotidiano corporativo em outro nível. A expectativa das empresas é que os profissionais dos tempos atuais tenham as seguintes características:

  • Sejam criativos;
  • Proponham soluções inovadoras;
  • Pensem estrategicamente;
  • Sejam capazes de lidar com os momentos de pressão;
  • Tenham inteligência emocional.

Por fim, as power skills são universais, e não restritas a um trabalho específico. Elas estão relacionadas à mentalidade do profissional, ou seja, a maestria em gerenciar suas demandas diárias, trabalhar a saúde mental e atravessar situações sociais diversas. 

power-skills

Hard Skills x Soft Skills

No geral, as hard skills representam todos os conhecimentos técnicos e científicos de um colaborador. Esses conhecimentos podem ser comprovados e obtidos através de métodos de aprendizagem. 

Além disso, essas competências são essenciais para que o profissional seja reconhecido como um especialista. As habilidades técnicas são desenvolvidas por meio de aulas práticas e teóricas, ou seja, graduações e cursos técnicos ou profissionalizantes. 

Em contrapartida, soft skills são as competências interpessoais e relacionadas ao comportamento. Elas são habilidades invisíveis e dificilmente são mensuradas ou avaliadas. As competências comportamentais são aptidões não-tangíveis, ou seja, são variáveis e podem mudar com o passar do tempo. 

As habilidades não são aprendidas de forma tradicional. Esses ensinamentos são desenvolvidos ao longo do tempo por causa das experiências e relacionamentos com outras pessoas.

Segundo uma pesquisa da Career Education Review, só 31% dos empregadores oferecem programas de treinamento de desenvolvimento de habilidades sociais para os seus colaboradores. 

De acordo com o mesmo levantamento, apenas 51% dos funcionários acreditam que a sua empresa ou organização entende o tipo de soft skill desejada para os cargos oferecidos. 

Principais Power Skills

Agora, aproveite para conhecer as principais Power Skills: 

Habilidades de liderança

A capacidade de liderar um grupo é uma das principais power skills. Ela não é exclusiva para os gerentes, pois existem muitos líderes informais e muito influentes sem um cargo de liderança. 

Autogestão

Por conta do aumento de profissionais em home office, a autogestão é uma das power skills mais importantes. Hoje, muitas empresas procuram por um colaborador que, mesmo sem a presença de um líder, seja capaz de gerenciar seu tempo e demandas com eficiência. 

Além disso, a autogestão também se refere à identificação dos seus pontos fracos e a busca pela melhoria contínua de competências. 

Pensamento crítico

O pensamento crítico é uma power skill que oferece muitos benefícios para o profissional. Ele permite a averiguação de informações e a compreensão das relações que existem entre suposições e fatos. 

A principal vantagem do pensamento crítico é a validação de argumentos ou a possibilidade de se conectar em um nível profundo com colegas. Além disso, essa power skill também eleva a qualidade do trabalho e promove reflexões racionais e organizadas. 

Produtividade

A produtividade não significa trabalhar incansavelmente por muitas horas todos os dias. Devido ao modelo de trabalho híbrido, muitos profissionais continuam a trabalhar em casa.

Assim, a produtividade é um aspecto crítico nos dias de hoje. Ela corresponde à capacidade de ser eficaz e diminuir os níveis de estresse, ou seja, recusar reuniões e tarefas dispensáveis. 

Comunicação

A tendência é que profissionais com capacidades de liderança se tornem líderes. Por causa de sua comunicação bem desenvolvida, eles são procurados por outros colaboradores pelos seus conselhos e sua versatilidade em atender a indivíduos com diferentes perfis comportamentais. 

Colaboração

Uma das power skills que um profissional precisa desenvolver é a colaboração. A competência é muito mais do que manter bons relacionamentos com os gestores e colegas de trabalho. 

O profissional atua como um membro significativo para a equipe, e colabora com o crescimento e desenvolvimento coletivo. Além disso, ele é habilitado para diagnosticar os pontos fortes de cada integrante e promover o seu engajamento.

Como contratar com base em power skills?

A partir da evolução do mercado de trabalho, que lida com atividades muito complexas, muitas empresas fazem contratações levando em consideração as power skills. 

Por sua vez, a tendência do mercado é que apenas os profissionais de alta performance, que dispõem das soft skills e hard skills potencializadas, possam conquistar suas vagas em empresas por muitos anos.  

Como trabalhar as power skills em seu time? 

Em busca do seu desenvolvimento pessoal, o colaborador é o responsável por trabalhar suas habilidades técnicas e comportamentais. Mas é interessante para o tech recruiter e todo departamento de recursos humanos contratar e desenvolver equipes de alto desempenho para lidar com as demandas da organização. 

Dessa forma, o RH pode investir em universidades corporativas e medidas práticas para incentivar as power skills no seu time de profissionais. 

Uma das formas de desenvolver power skills é através do currículo corporativo aplicado em cursos e treinamentos de desenvolvimento pessoal. Contudo, o gestor precisa promover uma cultura organizacional voltada para a procura por conhecimentos e inovação, cujo benefício é a construção de um ambiente oportuno à troca de informações e ao aprendizado. 

Quer desenvolver as power skills da sua equipe? Aproveite para procurar mais conteúdos em nosso blog e saiba mais sobre o assunto.

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.