O que é product discovery e qual a importância desse processo?

Ao desenvolver um novo produto, muitas empresas notam que boa parte dos clientes não utiliza todas as suas funcionalidades. Logo, o product discovery é essencial para resolver esse problema e entregar soluções de qualidade aos usuários. 

No processo de criação de um produto, os desenvolvedores costumam recolher dados e informações, sugerir soluções criativas e diagnosticar oportunidades. Dessa forma, o product discovery é uma estratégia para assegurar que a marca entregue justamente o que os clientes solicitam. 

Mas, mesmo que o product discovery seja uma abordagem criada ainda nos anos 2000, muitas empresas não sabem qual o seu impacto na produção de um produto eficiente e os benefícios que podem ser obtidos. 

Nos últimos anos, as empresas de bens de consumo desperdiçaram US$ 4 bilhões com o lançamento de produtos fracassados. Uma pesquisa da Ebit Nielsen apontou problemas com a análise de mercado e a estratégia de marketing como os principais responsáveis pelos fracassos.

Como funciona o desenvolvimento de um produto?

Antigamente, o desenvolvimento de um produto era um processo longo e demorado, uma vez que a informação era transmitida de maneira lenta. Contudo, com o advento da internet e a disseminação rápida de informações, os métodos tradicionais de criação deram espaço a novas metodologias. 

Na prática, o desenvolvimento de um produto novo envolve uma série de etapas tradicionais que as empresas seguem. Inicialmente, a equipe faz um brainstorming, processo de geração de ideias e liberação da criatividade. Para instigar vários insights, os profissionais recebem direcionamentos. 

A segunda etapa é a triagem de todas as ideias, ou seja, o momento em que são selecionadas as soluções viáveis no aspecto econômico e que apresentam mais potencial. A partir daí, os profissionais realizam testes preliminares para determinar se o produto é relevante para o público-alvo e se ele oferece a solução para um problema. 

Outra alternativa é optar por um MVP (Minimum Product Viable) ou protótipo que apresente apenas as funcionalidades principais do produto. Após determinar um conceito, a marca executa uma análise profunda e detalhada do mercado, desenvolve o produto de fato e faz sua validação com testes antes do lançamento oficial. 

Por fim, a última etapa é o lançamento do produto, conforme planejado pela empresa.

Etapas do desenvolvimento de um produto digital

Em relação às etapas de desenvolvimento de um produto digital, um material que é comercializado na Internet, existem algumas diferenças notáveis em relação aos produtos físicos. Neste caso, a primeira etapa é fazer a pesquisa e idealizar o produto, ou seja, definir o MVP e identificar a persona e suas dores. 

Em seguida, a equipe cuida do sketching e wireframing, que funcionam como um esboço de como o produto vai se parecer. A terceira etapa é o design do produto e construção da sua identidade visual. Assim, a equipe determina o caminho que o usuário percorre e as páginas, caso seja um aplicativo ou site, por exemplo. 

Nesse momento, um protótipo clicável permite que a equipe possa enxergar e interagir com o produto na perspectiva do usuário final. 

A quarta etapa é a prototipagem, na qual são feitos testes com o público-alvo, com o objetivo de discutir as funcionalidades do produto. Por sua vez, no estágio de desenvolvimento, as equipes adotam a metodologia ágil, que promove maior produtividade, controle e dinamismo. 

A penúltima etapa é o lançamento do produto, que pode ser privado ou público. Nesse estágio, a equipe põe em prática o plano de marketing e apresenta o MVP rapidamente, apenas com as funções principais.   

Por fim, a empresa realiza a manutenção e o suporte do produto. Após o lançamento oficial, o time otimiza as funcionalidades da solução, para aprimorar o material em grande escala. 

O que é product discovery?

Desenvolvido com base nas necessidades dos usuários, o product discovery é considerado o primeiro estágio no ciclo de um produto digital. Realizado antes do lançamento, ele procura antecipar como será a aceitação do produto no mercado e quais funcionalidades são valiosas para o público. 

A partir da experimentação científica e dados empíricos, ele valida ou invalida hipóteses. Assim, o product discovery é visto como um estudo de aceitação antes mesmo que o produto seja desenvolvido. 

O principal benefício da estratégia é a redução de riscos, pois a empresa dispensa investimentos em um produto que não vai gerar valor para o negócio ou os clientes. 

Segundo Marty Cagan, em seu livro Inspired, o product discovery é composto por uma série de atividades que validam as seguintes informações sobre o produto: 

  • Valor;
  • Execução;
  • Usabilidade;
  • Viabilidade.

Etapas do product discovery

Alinhamento

A primeira etapa do product discovery é o alinhamento de expectativas e a definição de objetivos com toda equipe. Nesse estágio, a clareza é fundamental para que ele transpareça a visão estratégica do negócio.

Além de garantir mais liberdade dos integrantes para realizar as tarefas com eficiência, essa etapa aumenta a transparência entre o time. 

Pesquisa

A fase de pesquisa consiste na coleta e investigação de dados. Para recolher números relevantes, a equipe mapeia novas oportunidades e diagnostica os problemas dos usuários. 

Por sua vez, a UX Research é uma das ferramentas mais empregadas, pois destaca o levantamento de dados qualitativos e quantitativos a respeito do comportamento das pessoas. 

Validação

No product discovery, a validação é uma etapa de grande valor. Para antecipar a percepção do público, a equipe cria um protótipo próximo da versão final do produto e testa as soluções e hipóteses que foram discutidas. 

A equipe precisa ter equilíbrio para não gastar muito tempo ou recursos nesse protótipo, uma vez que seu objetivo é proporcionar uma entrega rápida. Mas, ao mesmo tempo, um MVP sem qualidade pode comprometer o feedback dos usuários. 

Ideação

A etapa de ideação é baseada no levantamento do máximo de hipóteses. A equipe realiza um brainstorming e todos os profissionais usam sua criatividade para reunir ideias sem um pré-julgamento.

Refinamento

Após receber feedbacks positivos, a empresa passa para o estágio de refinamento, que representa a transição do protótipo para o produto final. Mesmo com confiança na solução, o produto digital pode exigir ajustes para o seu lançamento oficial. 

Como aplicar o product discovery na criação do seu produto

Antes de aplicar o product discovery, é importante lembrar que toda empresa atua em um contexto único. Portanto, o alinhamento das áreas à estratégia requer muita adaptação e cooperação. Veja algumas dicas!

Instrua sua equipe

O product discovery é uma estratégia difícil de ser aplicada por conta própria. Assim, a equipe precisa estar focada e ser orientada por demandas bem definidas.

Com objetividade e transparência, o product manager deve manter a equipe informada e explicar o significado do processo com uma linguagem fácil e sem termos complexos. 

Frameworks

Atualmente, existem muitas ferramentas que auxiliam nas fases do product discovery. A equipe pode atingir as suas metas ao utilizar os seguintes frameworks: Personas, Benchmarking, Jobs-to-be-done, double diamond design e análise de mercado. 

Estude com a Gama Academy

A Gama Academy não é apenas uma escola, mas uma marca inovadora que oferece cursos de alto nível para formar profissionais capacitados. Nós temos um ótimo curso online de formação em product manager. 

Realizado 100% online e com uma metodologia exclusiva, o treinamento permite que o aluno domine todas as habilidades que o mercado de trabalho procura. Ao finalizar o curso, o estudante conquista um certificado e pode alcançar novas oportunidades de carreira. Faça já sua assinatura. 

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

formacao-product-design-banner

Gama Experience - Formação em Product Design