Como montar uma rotina de estudos

Seja para passar em uma prova importante, para absorver melhor o conteúdo de um curso ou mesmo para se dedicar a uma matéria que esteja sendo mais difícil, estudar uma única vez pode não ser o bastante.

O ideal, para alcançar esses objetivos, é ter uma rotina de estudos que faça com que você aprenda de forma contínua e vá consolidando sua formação.

Para realmente fixar o que foi estudado, é preciso ter uma organização de base mais regular. Por isso, a rotina de estudos é tão importante: ela atua fazendo com que você nunca esteja com a matéria atrasada, além de ajudar a consolidar o conhecimento. 

Como organizar uma rotina de estudos?  

Para montar uma rotina de estudo, é preciso antes pensar em algumas questões que podem facilitar essa atividade. Entre elas, a primeira está relacionada ao melhor momento do dia para se estudar. 

A chave é simples: se você faz aulas de manhã, por exemplo, o ideal é desenvolver sua rotina própria de estudos à tarde – e vice-versa. 

A partir disso, é importante considerar também onde você vai estudar. Um ambiente adequado facilita muito esse processo de estudo, favorecendo uma concentração maior e evitando distrações. 

Dessa maneira, deve-se priorizar espaços reservados, silenciosos e que tenham ao menos com uma escrivaninha. 

Ter acesso à internet durante os estudos também pode ser bastante útil, embora isso exija um bom controle da dosagem de sua utilização. É recomendável, por exemplo, que o uso se limite a computadores/notebooks sem redes sociais abertas, deixando o smartphone de lado durante esse momento. 

Como montar a rotina de estudos

Para montar a rotina de estudos, é necessário primeiro detectar quais são os horários ideais para o estudo e, em seguida, quais são os que de fato estão disponíveis. Só depois disso se deve escolher o momento do dia que irá ser fixado para esse fim.

Outra dica para montar esse horário é considerar quais são as disciplinas que serão estudadas e qual é o nível de dificuldade em cada uma. Isso feito, o ideal seria alternar matérias diferentes, para que o cérebro não se canse de realizar apenas uma atividade. Comece sempre por suas disciplinas prediletas, a fim de garantir o impulso inicial.

É essencial ainda que, durante o horário programado, você possa fazer pequenas pausas para descansar. Seja para beber água, ir ao banheiro ou fazer um lanche, esses intervalos ajudam na assimilação do conteúdo e garantem que você não fique tão cansado/a. 

Com a rotina de estudo já bem estruturada, isso diminui muito a chance de a aprendizagem ser atrapalhada pela pressa e pela tensão dos prazos, como acontece quando a matéria está acumulada e atrasada. 

Saúde física e mental

Apesar de todos os seus benefícios, é verdade que manter uma rotina de estudos também pode ser bastante cansativo, ainda mais se ela não for pensada a fim de preservar a saúde física e mental de quem está estudando. Inclusive para essa atividade ser mais efetiva, ela deve estar aliada a exercícios, cuidados com a mente e lazer. 

Para isso, é necessário que você leve em conta pelo menos duas horas e meia por semana para realizar exercícios físicos de sua escolha. Esses exercícios não fazem apenas bem para o corpo, mas também para a mente.

Uma boa alimentação também é peça-chave nesse processo. É muito importante comer de forma balanceada, saudável e sem exageros para que o corpo funcione de forma eficiente. A alimentação, afinal, não impacta somente o corpo de um modo geral, mas afeta também a capacidade de concentração e a memória. 

Além disso, a saúde mental deve ser sempre priorizada. É muito comum que estudantes desenvolvam, por exemplo, ansiedade e depressão durante o período preparatório de exames, pois acreditam que devem abrir mão de todos os prazeres da vida para estudar, o que pode ter um efeito contrário ao que se deseja. 

Nesse sentido, é essencial separar um tempo para realizar um hobby, conversar com amigos/as e familiares, sair de casa ou realizar qualquer atividade de lazer. Os estudos são muito importantes, mas não se deve abdicar de tudo por eles. Quem aprende com prazer e se diverte no processo, colhe melhores frutos!

Ferramentas que te ajudam a estudar

A internet pode, sim, ser uma aliada no momento de criar uma rotina de estudos. Para isso, é preciso conhecer algumas ferramentas úteis e saber como usá-las ao seu favor.

O Google Agenda, por exemplo, é muito interessante para quem está num período de estudos com compromissos pré-fixados e provas importantes. Lá, é possível marcar os dias dos compromissos, reservar o tempo diário para os estudos, criar lembretes ligados a provas ou entregas de trabalhos e ainda criar listas de ações mais pontuais.

O Evernote também é muito utilizado por estudantes devido à sua praticidade. É um aplicativo intuitivo, fácil e gratuito para realizar anotações, fazer resumos, construir lembretes e marcar comentários importantes da aula. O Evernote pode ser sincronizado a qualquer aparelho, o que também ajuda na organização.

Indicamos ainda que você conheça o nosso app Gama Station. Nele, é possível assistir aulas sobre mercado digital, com o formato de microlearning.

É uma ótima ferramenta para os estudos, mas também funciona muito bem para formar profissionais com várias capacidades e preparados/as para os desafios do mercado de trabalho.

Conheça mais sobre o mercado digital, tenha um diferencial no seu currículo e aprenda de forma fácil e intuitiva.

Conheça o Gama Station e suas playlists de conteúdo para aprendizado de todos os níveis!  

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

formacao-desenvolvimento-web

Gama Experience - Formação em Desenvolvimento Web