Marketing de Performance: como criar campanhas de mídias pagas

As ações de comunicação e marketing na internet ganharam um significado imenso para as empresas que querem resultados concretos e mensuráveis. Por isso, cada vez mais aumenta o número de anunciantes em mídias pagas, em busca do chamado marketing de performance.

Além de todo esforço e trabalho feito pelo Inbound Marketing, as startups, empresas digitais e até mesmo negócios mais tradicionais estão investindo em Marketing de Performance para potencializar os resultados no curto prazo, apostando nas mídias pagas mais eficazes, como Google, Facebook e Instagram Ads.

O que é Marketing de Performance por meio de mídias pagas

O Marketing de Performance é desenvolvido com estratégias digitais para que os/as anunciantes tenham melhores resultados em suas ações. Para isso, todo o trabalho é realizado com análise de dados.

Cada um dos anúncios feitos em mídias pagas que possuem excelente alcance é verificado de forma exclusiva, para validação das métricas de marketing que entregam uma exposição completa da campanha, com indicadores e impressões, como:

  • Taxa de cliques;
  • Engajamento nas redes sociais, como likes, comentários e compartilhamentos;
  • Geração de leads, considerados potenciais clientes que interagem com suas ações em mídias pagas e deixam contato, como e-mail ou telefone;
  • Número de novos/as clientes obtidos através do marketing de performance com mídias pagas.

O marketing de performance apresenta diversos benefícios, como análise em tempo real dos anúncios digitais, alterações rápidas para correção e ajustes e resultado mensurável, o que permite ter uma certa previsibilidade com este tipo de estratégia.

Quais são os tipos de campanhas de mídias pagas

As mídias pagas feitas no Marketing de Performance podem ser organizadas em diferentes canais, como buscadores como Yahoo, Google e Bing, por exemplo. Também existem os tipos de mídias pagas em redes sociais, como Facebook e Instagram Ads.

No caso dos buscadores, eles trabalham com uma medida que se chama CPC – Custo por Clique. Este é o preço que será cobrado em uma mídia paga em sua estratégia de Marketing de Performance.

Este valor pode variar dependendo da posição do seu anúncio, se ele estiver na lateral, por exemplo. O fato é que, os resultados das mídias pagas durante a pesquisa de um/a usuário/a aparece antes dos resultados orgânicos, garantindo uma exposição positiva para as empresas.

Por isso, a relevância daquele anúncio para o/a usuário/a é imensa e o Marketing de Performance consegue potencializar as ações de forma excelente, gerando leads, solicitações de orçamento e contatos. 

Já as mídias pagas nas redes sociais colocam o seu anúncio bem próximo do público que você definiu, através de filtros eficientes. Eles podem ser categorizados de acordo com interesses, faixa etária ou geolocalização, por exemplo.

Cada rede social apresenta sua própria plataforma de mídias pagas, entre elas Twitter e LinkedIn. O Marketing de Performance para redes sociais busca interação com os/as seguidores/as e com o público em geral da rede social, mas também cliques e vendas.

Como iniciar um plano de mídias pagas no Google, Facebook e Instagram

Google Ads

As campanhas de Google Ads, como são conhecidas as mídias pagas para Marketing de Performance no Google, são voltadas para maior fluxo de leads e otimização de resultados. 

O ROI do Google Ads é excelente, já que mais de 60% das pessoas prontas para comprar clicam nos anúncios. Porém, é preciso fazer uma estratégia muito bem elaborada para ter o retorno esperado. Veja algumas dicas:

Palavras-chave

As campanhas de mídias pagas no Google funcionam com o uso de palavras-chave, que devem ser selecionadas com muito cuidado, caso contrário seu anúncio pode ficar caro ou ser exposto para um público que não está interessado no seu produto/serviço. Faça testes e ajustes das palavras-chave de tempos em tempos.

Anúncios relevantes

O nome do anúncio e o texto descritivo das mídias pagas para o Google precisam ser impactantes, apresentando as informações para solucionar o problema de quem está pesquisando. Se não houver este encontro de interesses, a mídia paga pode se tornar irrelevante. Se for o caso, crie mais de um anúncio por campanha para ver qual performa melhor.

Pontuação de qualidade do Google

O próprio Google Ads é uma ferramenta completa para Marketing de Performance e classifica os anúncios com um índice de qualidade. Você pode aprimorar os seus anúncios para aumentar as chances de conversão.

Tipos de mídias pagas no Google Ads

Para iniciar uma campanha de mídias pagas e Marketing de Performance no Google Ads, você terá que escolher um dos modelos de campanha disponíveis. São eles: vídeo, exibição ou pesquisa.

Vídeo: seus anúncios aparecem no YouTube em vídeos de 6 segundos a 15 segundos.

Exibição: seus anúncios são exibidos aos/as usuários/as em páginas da internet que fazem parte da Rede de Display.

Pesquisas: seus anúncios vão ser resultados das pesquisas dos/as usuários/as no buscador.

Existem outros meios de segmentação de mídias pagas no Google que são bem interessantes. Sua campanha de Marketing de Performance pode focar em visibilidade em plataformas para comércio, no Google Maps, em negócios específicos como hotéis e anúncios para serviços locais e pequenos, como encanadores e eletricistas.

Estão disponíveis também ferramentas para anúncios em downloads de aplicativos, anúncios em vitrines locais (também chamados de inventários), promoções do Gmail, anúncios de Remarketing e muito mais.

Enfim, existe um universo de anúncios possíveis com mídias pagas e, para conhecer todas as possibilidades e se tornar especialista, seguramente você vai precisar de um curso de Marketing Digital (conte com a Gama Academy e aproveite para clicar aqui e conhecer as Áreas do Marketing nas quais você pode atuar!).

Facebook Ads

As mídias pagas no Facebook, também chamadas de Facebook Ads, são usadas para a promoção de postagens, do site de uma empresa ou de ações especiais.

Para organizar as campanhas de Face Ads, os/as profissionais de Marketing Digital trabalham informações do perfil dos/as usuários/as, dados demográficos e localização.

As ações de marketing são direcionadas para as pessoas corretas por causa de informações muito ricas, como comportamento dos/as usuários/as e seus interesses.

Tipos de mídias pagas no Facebook Ads

Os tipos de anúncios no Facebook Ads são muito importantes para a segmentação e otimização dos resultados com as campanhas de mídias pagas nesta rede social. Veja:

Proximidade: seus anúncios podem ser delimitados para pessoas que estão em uma localidade próxima do seu negócio.

Impulsionar publicações: uma publicação importante, como uma ação promocional, pode ser impulsionada para ser visualizada por um maior número de usuários/as da rede.

Aumentar visitas no site: a rede social pode ser utilizada para aumentar a taxa de visitas e tráfego no site e as conversões.

Vendas pela rede social: os anúncios podem potencializar as vendas feitas diretamente no Facebook.

Aumentar downloads de apps: estratégias de lançamento de aplicativos com Marketing de Performance usam o Facebook para maior engajamento no uso de apps.

Participantes em eventos: os anúncios são focados em aumentar a taxa de participantes em um evento, como o lançamento de um produto.

Visualizações de vídeo: a ferramenta é excelente para aumentar a taxa de views em um vídeo.

A gestão das mídias pagas no Facebook é feita no Power Editor ou no Facebook Ads Manager.

Instagram

As mídias pagas no Instagram Ads com foco em Marketing de Performance também são usadas para aumentar as visualizações de vídeos e posts promocionais, instalação de apps, conversões e cliques.

Com mais de 80 milhões de usuários/as ativos/as no Brasil, a rede social tem se tornado uma das preferidas das empresas que pretendem investir em mídias pagas em canais digitais.

Tipos de mídias pagas no Instagram Ads

As mídias pagas no Instagram são ideais para aumentar a visibilidade de uma marca ou produto, além de fazer a atração de clientes.

Geração de leads: anúncios no Instagram com o objetivo de direcionar o/a usuário/a para uma landing page, onde ele/a coloca informações como e-mail e telefone.

Eventos: a rede social é excelente para anunciar eventos e usar estratégia de mídia paga para impulsionar, obter mais inscritos e participantes. Os/as usuários/as costumam marcar amigos/as e familiares, gera bastante engajamento.

Sorteios: o Instagram tem se mostrado como uma ótima ferramenta para interação com o público. O sorteio de brindes, kits e outros prêmios é uma ótima maneira de aumentar o número de seguidores/as.

Interesses e particularidades: os anúncios podem ser segmentados conforme dados bem precisos dos/as usuários/as, como idade, gênero, localização, interesses gerais e de consumo, além do momento de vida.

Fotos: o anúncio pode impulsionar fotos e imagens, como uma arte para a divulgação de um produto.

Vídeo: os vídeos curtos são excelentes no Instagram Ads e costumam ter uma ótima recepção dos/as usuários/as da rede social.

Carrossel: os anúncios com mídia paga são realizados ainda no formato de carrossel, dependendo da estratégia da empresa. 

Agora que você já está por dentro das mídias pagas e do marketing de performance, acesse esse outro artigo bacanudo para conhecer as ferramentas de marketing essenciais para os/as marketers! 

Luis Quintanilha

Sou um Growth Hacker e Estrategista que atua na criação, planejamento, inbound marketing e growth e gestão. Trabalho com o propósito de impactar vidas. Me ensine, me deixe ajuda-lo e vamos crescer juntos buscando soluções criativas contribuindo para um mundo melhor. :)

Atualmente trabalho na Gama Academy, uma empresa onde consigo aliar meu propósito ao objetivo da Gama Academy de transformar talentos. Atuamos com treinamento e recrutamento de profissionais ao mercado digital. Se você está precisando contratar, desenvolver suas habilidades ou treinar seu time, fale comigo, será um prazer ajudar!

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.