Golden Circle: comece pelo porquê

Para quem não sabe aonde ir, qualquer caminho serve.

Você já parou para pensar no motivo pelo qual faz suas escolhas? E na razão pela qual realiza atividades de um jeito A e não B? O Golden Circle é um conceito muito aplicável e que vai te ajudar a entender essas respostas.

Saber o que e como fazer algo é muito importante em nosso dia a dia, mas ter noção do porquê é crucial na trajetória de qualquer pessoa ou organização e, por isso, essa é mais uma das propostas do Golden Circle.

Você já deve estar se perguntando o que é Golden Circle, não é mesmo?

O conceito é bastante amplo e tem as qualidades suficientes para transformar sua trajetória. Vamos aprofundar o tema! 

Simon Sinek, autor do livro “Comece pelo porquê” e speaker de um dos TED mais assistidos da história, estudou diversas lideranças e organizações inspiradoras do mundo (desde Martin Luter King até Steve Jobs, da Apple) e encontrou um padrão entre elas: um porquê muito claro.

Para essa descoberta (talvez simples e óbvia, mas muito esclarecedora), ele deu o nome de Golden Circle, ou Círculo Dourado.

O que é e qual o objetivo do Golden Circle?

Saber o motivo das coisas é um dos principais objetivos do Golden Circle. Segundo Simon Sinek, todas as campanhas, negócios e ideais precisam de um objetivo claro, uma razão maior para existir.

Sob essa ótica, o objetivo do Golden Circle é mostrar que, através de uma metodologia simples e eficiente, sua empresa pode conseguir a inspiração necessária para obter sucesso no mercado digital, em startups e em outras áreas de atuação.

O Golden Circle inverte a lógica, pois as empresas de sucesso olham de “dentro para fora” e não ao contrário, como muitos modelos de negócio são elaborados, “de fora para dentro”.

Logo, para você saber o que é Golden Circle na prática, primeiro é preciso entender mais sobre seu negócio baseado no que você realmente acredita e, depois, usar a clareza necessária para que seu objetivo se torne uma realidade.

O contrário disso, e que não tem ligação com os exemplos de Golden Circle, são as empresas que nascem a partir de um gráfico frio e calculista sobre o mercado, porém não têm nenhuma ligação com o real objetivo de seu/sua empreendedor/a.

Golden Circle – Uma grande inspiração!

Agora que você sabe o que é Golden Circle, vamos entender melhor sua importância.

Quando uma startup ou empresa digital tem clareza sobre a razão de sua existência, é mais fácil engajar clientes, colaboradores/as e fornecedores/as.

Neste sentido, o valor de sua marca e a maneira como a sociedade se identifica com ela alcançam outro patamar, justamente porque o Golden Circle é capaz de gerar inspiração e motivação que vão muito além de “comprar um produto ou serviço”.

E você, como profissional digital, conseguirá uma ótima oportunidade em uma empresa que exista com base nos conceitos do Golden Circle, caso você seja uma pessoa que compartilha desses mesmos valores.

Vamos refletir juntos/as sobre essa importância do Golden Circle para uma startup: quando ela contrata um/a colaborador/a que acredita no negócio, está entusiasmado/a e motivado/a por um valor que vai além de trabalhar em troca do salário, o crescimento dessa empresa será muito maior.

O Golden Circle é dividido em 3 esferas, vamos conhecer cada uma delas!

Um mergulho nas 3 esferas do Golden Circle para encontrar o seu propósito

As 3 esferas do Golden Circle são as seguintes: Por que, Como e O Que!

Por que (Why)?

Por que uma startup precisa existir no mercado digital? Responder essa pergunta do Golden Circle é a base para campanhas, projetos, iniciativas, ideias, empreendimentos e tudo o mais.

Ter uma razão de existir é fundamental para justificar a real necessidade de atuar na sociedade com um produto ou serviço.

Por que os/as consumidores/as ou seu público vão querer/precisar de sua empresa digital?

Isso vale para empreendedores/as e para colaboradores/as que pretendem atuar com Golden Circle como acontece nas empresas de sucesso, como a Apple e muitas outras.

O Golden Circle tenta descobrir o caminho fundamental de um negócio, com a definição de um propósito com muita clareza e verdade.

Isso significa que a empresa não deve existir por existir, ela precisa oferecer algo de valor.

Como (How)?

Agora que uma empresa ou você como pessoa que está organizando sua vida pelo Golden Circle já sabe o motivo de suas escolhas e ações, é preciso direcionar suas atividades para chegar ao objetivo final.

Para isso, precisa responder a seguinte pergunta: Como? Como faremos para alcançar nosso sonho, implantar nossa solução, oferecer nosso produto, mostrar aos/as clientes e consumidores/as o porquê da nossa existência!?

Esse direcionamento serve para definir estratégias, elaborar um plano de ação, criar um foco claro de ação, através de todos os valores e crenças que fazem sentido para você, profissional da área digital ou um/a empreendedor/a digital que acredita no Golden Circle.

Ter uma base firme é a única maneira de construir uma startup sólida e atuar com verdadeiros diferenciais frente à concorrência.

O que (What)?

Chegamos à última etapa do Golden Circle, aquela relacionada especificamente ao produto ou serviço que sua empresa oferece para os/as consumidores/as. O que é?

É bem mais fácil responder essa pergunta do Golden Circle, justamente por você ter passado pelas etapas anteriores.

Com clareza, defina quais produtos/serviços serão necessários para sua startup nascer e expandir.

Antes de você começar a responder a metodologia, vamos compreender aspectos mais profundos do conceito e do criador do Golden Circle, Simon Sinek, já que uma bagagem mais elaborada vai permitir maior assertividade durante sua trajetória.

As empresas devem começar pelo porquê, segundo Simon Sinek 

Já tem um tempo que “fazer por fazer” ou “faço apenas para tentar ganhar dinheiro” perderam o sentido para a sociedade e seus/suas consumidores/as.

Simon Sinek, o criador do Golden Circle, afirma que atuar com um propósito claro e maior só tem sentido quando uma empresa sabe o porquê de sua atividade.

O conceito é ainda mais explorado no livro “Por Quê?: como grandes líderes inspiram ação”.

Fácil de entender, o livro mostra vários exemplos e estruturas para que o método Golden Circle seja aplicado em uma startup ou na sua vida profissional.

O método também está apresentado no Golden Circle TED com o título de “Como Grandes Líderes Inspiram Ação”, um dos vídeos mais assistidos da série.

Simon Sinek é autor de outros best-sellers, como os seguintes: 

  • Leaders Eat Last: Why Some Teams Pull Together and Others Don’t
  • Together Is Better: A Little Book of Inspiration
  • Find Your Why: A Practical Guide for Discovering Purpose for You and Your Team

As obras que trabalham de maneira amplificada toda a lógica do Golden Circle trazem pesquisas sobre empresas e pessoas que chegaram ao sucesso, mostrando certo padrão ou modelo adotado por quem encontrou sua razão de existir e conseguiu transmitir isso para seu público.

É o caso de Martin Luther King e da Apple, dois marcos da humanidade que tinham um “por quê” tão profundo e cheio de sentido que ecoa na sociedade até hoje e, provavelmente, nunca serão esquecidos!

O Golden Circle de Simon Sinek deixa claro que as ideias fazem sentido através de seus ideais e, por isso, mobilizam as pessoas através de um ideal forte e contagiante. 

O poder de um ideal maior é tão grande que inspira e ajuda a não desistir em momentos de dificuldade, a pensar em novas soluções em um mercado digital em constante mudança, ter um diferencial na sua própria existência que sirva de motivação para seguir adiante e deixar uma marca positiva no mundo!

Você já tem clareza do seu porquê?

Vamos utilizar o Golden Circle para voltar os olhos para você, seja uma startup ou um/a profissional do mercado digital.

Poucas pessoas ou empresas sabem por que fazem o que fazem. E a resposta vai muito além do lucro.

Com o “por quê” queremos dizer: qual é a sua causa? Sua crença? Qual batalha você decidiu enfrentar?

E qual bandeira você decidiu levantar? Quais valores são essenciais para isso? E por que alguém deveria se importar?

A nossa tendência natural é de pensar, agir e se comunicar de fora para dentro.

Nós partimos do que é mais claro e fácil de controlar para o mais confuso e difícil de entender. Para Sinek, o círculo dourado nos faz questionar e reagir de dentro para fora.

No recorte do ambiente profissional, o filósofo e escritor Mario Sergio Cortella traz no livro “Por que fazemos o que fazemos?” as principais preocupações com relação ao trabalho.

Bateu aquela preguiça de ir para o escritório na segunda-feira? Falta de tempo virou uma constante?

A rotina está tirando o prazer do dia a dia? Anda em dúvida sobre qual é o real plano de carreira que mais faz sentido para você? 

Um grande perigo é quando isso atrapalha a sua rotina, deixando de ser algo que te prepara para ser melhor no que você faz e passando a ser algo no qual você nem presta mais atenção.

Ou seja, quando a repetibilidade se torna automatismo.

O autor diz que há uma diferença entre a rotina, na qual eu faço uma atividade notando a sequência correta e a completo; e a monotonia, em que a faço sem perceber.

Nessa hora, a motivação falece. Seja qual for a sua profissão. 

Por isso, é importante entender que motivação é uma atitude interna e não adianta apenas culpar o ambiente ao seu redor.

No dia a dia de inúmeras funções, o que motiva alguém a ser professor/a, empresário/a, piloto, pai ou mãe?

Aquilo que você deseja, que realiza, que te completa, aquilo que permite que você se reconheça. Se eu me conheço naquilo que faço, tenho cada vez mais proximidade com o meu porquê. 

Aplique em qualquer contexto

Dito isso, ok. Sob um olhar mais organizacional, outro ponto de destaque nessa conversa é a percepção de valor de uma marca.

Tem sido cada vez mais recorrente, na narrativa de pequenas ou grandes empresas, a inserção de sua história e de detalhes que valorizam a sua missão.

É o que o livro “Organizações Exponenciais” chama de PTM – Propósito Massivo Transformador.

Movimentos sociais, organizações com crescimento exponencial e marcos surpreendentes da ciência e tecnologia possuem algo em comum – eles são frequentemente subprodutos de um propósito profundamente unificador. 

Simon Sinek também aponta que grandes lideranças e empresas serão inspirações para seus grupos de interesse apenas através de um porquê.

O famoso propósito tira o sono de muita gente (e organizações) e faz parte de uma jornada extensa de autoconhecimento. 

Golden Circle: exemplos de empresas de sucesso!

O Golden Circle é usado por várias empresas de sucesso, principalmente entre as gigantes da tecnologia, como a Apple. Veja exemplos abaixo: 

Apple

Por quê: Desafiamos o mercado tradicional e pensamos de forma diferente para oferecer as melhores soluções em tecnologia.

Como: Nossos produtos são desenvolvidos para serem simples de usar e lindos.

O que: Smartphones poderosos, computadores de alta performance, aplicativos e softwares que prezam pela experiência de uso, tablets e outros produtos. 

Gama Academy

Por quê: Também desafiamos o mercado tradicional da educação porque existimos para oferecer a melhor educação para profissionais do mercado digital que querem realmente ter sucesso em um mundo globalizado.

Como: Criamos cursos exclusivos para nossos/as alunos/as terem sucesso em startups por meio do desenvolvimento de habilidades que são exigidas de um/a profissional digital.

O que: Oferecemos cursos e conteúdos exclusivos para Desenvolvimento Front End, Design UX, Inside Sales e Marketing Digital.

Percebeu como o Golden Circle faz muita diferença?

Além de mostrar o valor da nossa existência e trajetória, deixa claro que o nosso legado na sociedade tem um valor importantíssimo para a geração de negócios no mundo atual!

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.