5 dicas para fazer transição de carreira

O mercado digital e suas carreiras estão em alta. De acordo com um estudo divulgado em 2021 pelo LinkedIn, as áreas de tecnologia, marketing digital e varejo online têm várias das profissões que estão com muitas oportunidades de trabalho abertas nesse momento. Isso significa que é uma boa hora de pensar em transição de carreira para recolocação no mercado!

Se você acha que pode se dar bem atuando em desenvolvimento/programação, marketing digital, inside sales e UX/UI design, vale a pena começar a se preparar e a desenvolver as soft e hard skills necessárias nas carreiras digitais. Continue a leitura e confira algumas dicas bacanas sobre o assunto!

Saiba o que é e como funciona a transição de carreira 

Transição de carreira significa deixar a sua formação ou área de origem para apostar em um novo campo de atuação. Na prática, quer dizer mudar de rumo, buscar uma nova carreira e trocar de emprego. 

Por exemplo, um/a publicitário/a que queira trabalhar com o desenvolvimento de softwares, aplicações e sites pode transitar de carreira e começar a construir uma nova história profissional, de ainda mais sucesso. E vale dizer que nunca é tarde para isso!

Não importa se você tem 10, 15 ou 20 anos de carreira e experiência em determinada área, sempre é tempo de mudar, principalmente se você estiver com dificuldade de se recolocar no mercado depois de uma demissão ou sentir que seu propósito de vida já não é o mesmo de quando você escolheu a faculdade que iria cursar.

Muitas pessoas buscam a transição de carreira para se sentirem mais realizadas. Outras estão em busca de novos desafios, salários melhores, oportunidades em empresas mais humanizadas e flexíveis ou pretendem abrir um negócio próprio. 

Fato é que muita gente já enxerga o potencial do mercado digital e de tecnologia e percebe que várias profissões que antes eram relevantes podem acabar se tornando obsoletas em algum momento no futuro por causa das inovações tecnológicas.  

Hoje, sem dúvida, o mercado digital é um dos maiores motivadores para o processo de transição de carreira. Essa é uma área com grande potencial e com muitas vagas abertas, mas que exige profissionais bem qualificados/as e preparados/as para encarar os desafios da inovação, da disrupção e da transformação digital. 

Veja 5 dicas para realizar a transição de carreira da forma correta 

Toda transição de carreira deve ser bem planejada. Existem algumas táticas que podem te ajudar a realizar esse processo da maneira correta, para conquistar recolocação no mercado. Veja as nossas dicas!

1. Trabalhe o seu autoconhecimento 

A primeira dica para fazer uma transição de carreira é investir no autoconhecimento. 

Você precisa saber onde deseja chegar, que tipo de profissão é mais compatível com o seu perfil profissional e o que te deixaria realmente feliz e realizado/a. 

2. Faça um planejamento 

Ninguém muda de área da noite para o dia. É necessário planejamento, mesmo porque você vai precisar se manter financeiramente durante a fase de transição. 

Depois de definir sua área de interesse, comece a estudar, faça cursos online, participe de grupos e fóruns, converse com outros/as profissionais e aprenda sobre o mercado. Você precisa testar e validar a nova carreira, para ver se é isso que você realmente quer. 

Seja resiliente e autoconfiante, tenha um cronograma de atividades para seguir e estabeleça metas. Tenha também uma reserva financeira e uma mente aberta para explorar novas oportunidades. 

3. Foque nas carreiras em alta

Antes de iniciar sua transição de carreira, pesquise sobre as vagas de emprego que estão em alta ou que têm escassez de mão de obra. Isso vai te ajudar a ter empregabilidade garantida quando estiver pronto/a para disputar posições no mercado. 

Programação, desenvolvimento de softwares, marketing digital, growth hacking, design e vendas internas são áreas aquecidas e que contam com uma grande demanda por bons/boas profissionais. 

4. Invista em networking

O networking é muito importante no mercado digital e pode te ajudar a conquistar uma posição de trabalho de forma mais rápida.

Siga pessoas e perfis que estão ligados à área na qual você deseja atuar, participe de eventos online, leia blogs que tratem do assunto, comente e interaja com outros/as profissionais. 

5. Monte um portfólio 

Assim que o seu conhecimento sobre a nova área for se consolidando e você começar seus primeiros projetos, monte um portfólio para apresentar aos potenciais contratantes. Produza seus próprios conteúdos, poste nas suas redes sociais e construa um bom currículo. 

Assim que se sentir confiante, comece a se inscrever para processos seletivos, mesmo que você não domine tudo sobre a nova carreira. Em muitos casos, o aprendizado vem por meio da prática. 

A transição de carreira traz novas perspectivas, seja de realização profissional, seja de realização financeira. Se você acha que está desperdiçando o seu talento e potencial em uma profissão que já não faz mais sentido para você ou busca uma nova chance para se desenvolver e crescer profissionalmente, está na hora de começar a pensar nessa mudança de vida. 

Esteja seguro/a da sua decisão, estude bastante e comece a mapear quais são suas oportunidades no mercado digital. Outro ponto crucial no momento de fazer a sua transição de carreira é investir no marketing pessoal.

Quer saber mais sobre o assunto? Clique aqui e leia nosso conteúdo sobre a importância do marketing pessoal!

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.