DevOps – o que é e como iniciar a sua carreira

O mais legal de ser um/a profissional digital é que sempre existem carreiras novas e estimulantes, para as quais você pode fazer um curso e começar a trabalhar rapidamente ou, até mesmo, migrar de uma área para a outra. O trabalho de pessoas que entendem de DevOps está em alta e oferece ótimas posições em grandes players do mercado e em inúmeras startups.

O DevOps não é um cargo ou uma função, mas uma metodologia que está sendo utilizada pelas empresas de tecnologia para a otimização e alta performance de seus produtos digitais e serviços. O termo é uma junção de Dev – Desenvolvedor/a e Ops – profissionais de TI que são especializados/as em infraestrutura.

Você já ouviu falar que a união faz a força? Então, isso é verdade! E, no caso dos/as profissionais que estão se especializando em DevOps, o objetivo é unir várias skills estratégicas para melhorar os resultados das empresas, apresentar inovações, otimizar e aperfeiçoar produtos e soluções com rapidez, na velocidade que o mercado exige e que os/as clientes esperam.

O que é DevOps?

Já explicamos o termo DevOps, mas ainda falta você entender bastante sobre a metodologia, que tem por objetivo ganhar a velocidade necessária para que as startups e empresas que atuam no mercado digital consigam se manter competitivas, em cenários cada vez mais imprevisíveis e repletos de desafios.

A metodologia DevOps coloca para trabalhar em conjunto o setor de operações e de desenvolvimento, atuando ainda com o time de apoio que faz o controle de qualidade. Assim, este time fica potente e reforçado, com uma configuração mais adequada para criar infraestrutura de qualidade e manter o sistema conservado.

Quando falamos em infraestrutura, os DevOps e os/as profissionais de TI em geral sabem que estamos, de maneira mais abrangente, tratando de redes, hardwares e softwares. Em cada uma dessas áreas existe um universo de conhecimento e funções que já estão ligadas ao trabalho dos Dev e Ops.

Estas hard skills vão desde o conhecimento de banco de dados até linguagem de programação, levando em consideração a área de atuação e a atividade de cada profissional de TI.

Em alta performance, em projetos para empresas do mercado digital, quem trabalha no time de DevOps estará preparado/a para uma série de ações importantes para a sobrevivência e o crescimento de um negócio, através de várias iniciativas, como:

  • Melhorar performance;
  • Otimizar soluções;
  • Solucionar erros rapidamente;
  • Aumentar a escalabilidade do produto digital;
  • Oferecer a segurança necessária para o trabalho com dados;
  • Oferecer a elasticidade esperada para os dias de hoje.

Este pode ser um termo novo para você, mesmo que você seja desenvolvedor/a, programador/a ou alguém da área de TI, mas que ainda não se aprofundou em DevOps. A infraestrutura de Cloud Computing adaptada à demanda é conhecida como elasticidade, já que ela aumenta e diminui de acordo com a necessidade da empresa, liberando ou reduzindo recursos.

Se a solução estiver ainda muito ligada à segurança, o método e o time podem ser classificados como DevSecOps – veja que tem um “security” integrado ao modelo.

Agora entendemos o que é DevOps, mas qual a grande diferença deste sistema de trabalho, além de combinar profissionais digitais para criar uma equipe muito mais completa?

Os/as profissionais de TI que estão preparados/as para a aplicação de DevOps conseguem imprimir velocidade, rapidez e otimização em diversas soluções porque são capazes de automatizar processos que estavam sendo realizados de maneira lenta e manual.

Para isso, os aplicativos são desenvolvidos a partir de pilhas tecnológicas e ferramentas que aliam rapidez e confiabilidade em suas utilizações, inclusive para soluções individualizadas, quando um/a profissional digital precisa provisionar uma infraestrutura ou implantar um código.

Benefícios de trabalhar com o método de DevOps

O DevOps é importante porque trabalha com o software como parte integrante de uma empresa, algo essencial para os negócios hoje em dia. Os/as clientes usam apps, serviços e produtos digitais todos os dias, para as mais diferentes soluções e em todas as plataformas possíveis.

O DevOps foi uma consequência natural para atender essa demanda que precisa de um produto digital de qualidade, adaptável rapidamente e que entregue a melhor UX – User Experience (ou experiência do usuário).

Segurança

O DevOps é implementado com o DevSecOps para garantir a segurança necessária quando o produto envolve dados, preservando conformidade em escala, principalmente.

Melhor Colaboração

Os times que atuam no modelo cultural DevOps possuem um fluxo de trabalho combinado, compartilham informações diariamente e dividem responsabilidades, já que os/as profissionais de desenvolvimento e operações estão diretamente ligados.

Escalabilidade

Sem a possibilidade de escalar, muitas empresas que entregam soluções digitais baseadas em software não conseguem se tornar competitivas. Por isso, os/as profissionais digitais que sabem atuar com DevOps estão tomando a frente dos projetos, já que eles/as conseguem reduzir riscos, aumentar a constância e eficiência de sistemas dinâmicos e complexos, implementando automação. 

Veja que todas as startups de sucesso trabalham com produtos e soluções neste formato!

Confiabilidade

A cultura de DevOps garante a confiabilidade para um produto digital escalar com qualidade, entregando a confiança que os/as usuários/as esperam no dia a dia em diversas ações práticas. Isso pode ser feito com registro de log, monitoramento, entregas contínuas e integração, principalmente para automatizar processos no software e ganhar mais eficiência durante a implantação do produto.

Rapidez

Todo o conjunto acima vinculado ao sistema de DevOps permite melhorar, inovar e ampliar a frequência de atualização e otimização de um produto no tempo certo. Erros são corrigidos rapidamente, recursos são integrados com mais agilidade, oferecendo a solução que o/a usuário/a espera e garantindo a competitividade com a qual a startup ou empresa de soluções digitais está contando para prosperar nos negócios.

Conhecimento e aplicações do profissional de DevOps

Existem várias práticas de DevOps que são utilizadas para que o software tenha um rendimento ampliado. Inclusive, estes conteúdos estão inclusos no curso de Hacker da Gama Academy (veja todo o nosso material bacanudo e esperto na área de Dev e TI).

Registro em log e monitoramento – Essa é uma das práticas mais importantes no método DevOps, pois a experiência do usuário final é avaliada através de logs e métricas obtidos pela infraestrutura e pelo software. Estes dados são gerados, obtidos, categorizados e analisados.

Micro serviços – O sistema de DevOps pode prever e programar a criação de um aplicativo completo, com vários funcionalidades e serviços, mas testá-los para executá-los em um processo próprio, dando mais leveza ao mecanismo e entregando o produto final em uma interface amigável, bem definida e muito funcional. É como se houvesse um conjunto enorme de pequenos serviços interligados.

Entrega e Integração Contínuas – O modelo DevOps busca rapidez, eficiência e otimização. Para isso, no caso das entregas contínuas, é essencial criar, testar, padronizar e preparar códigos automáticos para serem implementados. A integração contínua também faz parte deste trabalho, já que o time de devs coloca em um ambiente central todas as alterações de códigos, para que as atualizações sejam mais frequentes e mais rápidas e, principalmente, para que seja possível encontrar erros com mais facilidade.

Gostou do conteúdo? Então, continue acompanhando nosso blog para muitos outros artigos bacanudos sobre a área de desenvolvimento. 

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

formacao-desenvolvimento-web

Gama Experience - Formação em Desenvolvimento Web