Como se destacar como desenvolvedor em 2021

Uma nova carreira sempre oferece ótimas oportunidades e horizontes, além de poder abrir portas que você nem imaginava para o ano que se aproxima. Se você gosta de programar, softwares e hardwares, redes, apps e TI, existem ótimas posições em grandes empresas e startups. E, caso a linguagem de programação e o raciocínio lógico sejam o seu forte, a profissão de desenvolvedor ou desenvolvedora tem ótimas perspectivas.

Muitos/as programadores/as são autodidatas, possuem um perfil curioso e vão mergulhando no mundo dos códigos, aprendendo com fóruns e vídeos disponíveis na internet. Porém, em algum momento é preciso se profissionalizar e dar um passo adiante para consolidar e organizar o conhecimento, realizando um curso de desenvolvedor/a. 

Nós, da Gama Academy, temos orgulho de oferecer ótimos cursos na área de desenvolvimento e programação. Mas por que isso é importante para você?

Os cursos são completos e vão do básico ao avançado, organizados para iniciantes chegarem ao topo na programação. Além disso, as aulas também atendem as pessoas que estão começando do zero.

Se você já chega com alguma bagagem, melhor ainda – vamos fortalecer seu aprendizado e provavelmente apresentar uma série de novidades e insights para sua carreira. 

Além disso, o curso de dev é voltado para atender a demanda do mercado digital, já que ele é organizado para você desenvolver soft skills e hard skills, habilidades comportamentais e técnicas que são pré-requisitos para trabalhar em grandes players do mercado, como Google, Amazon, Nubank, Itaú, Uber e milhares de startups.

Agora, vamos falar de salários e remuneração para desenvolvedores e desenvolvedoras em 2021. (Essa parte é muito importante!). 

Salários do desenvolvedor e desenvolvedora em 2021

Uma pesquisa da Robert Half trouxe dados muito interessantes sobre as carreiras que vão bombar em 2021 e, para a nossa alegria, programador/a e desenvolvedor/a estão entre elas.

Na área de tecnologia, 2021 promete ser um ano excelente para profissionais que trabalham nas seguintes frentes: 

  • Transformação Digital;
  • Dados;
  • DevOps;
  • Cloud; 
  • Desenvolvedor Java, C#, Android, .NET).

A remuneração para desenvolvedor e desenvolvedora, especialmente para pessoas com experiência e algum tempo de carreira, fica entre R$ 9 mil e R$ 18 mil, aproximadamente.

Normalmente, as empresas também têm ótimos benefícios e os/as desenvolvedores/as conseguem trabalhar alguns dias em home office, têm flexibilidade nos horários, entre outros atrativos que tornam a carreira ainda mais interessante.

Sou desenvolvedor, como posso me preparar para o mercado em 2021?

Além de fazer um curso de desenvolvedor do básico ao avançado para saber exatamente o que as empresas que estão contratando vão esperar de você, inclusive no teste prático, é essencial focar nas áreas de dev que estão em alta.

DevOps

Este grupo tem desenvolvedor e desenvolvedora que sabe trabalhar na metodologia DevOps, que integra os/as profissionais de desenvolvimento e operações para entregar mais qualidade e agilidade em softwares e apps.

Trabalhar com a cultura DevOps é muito importante para o/a desenvolvedor e desenvolvedora que quer se colocar rapidamente no mercado. Estes/as profissionais estão preparados/as para encontrar erros e implementar recursos mais rapidamente em produtos digitais.

Desenvolvedor Back-End

É o desenvolvedor ou a desenvolvedora que trabalha com aplicações ao banco de dados. As empresas precisam destes devs para arquitetura de sites, logins e senhas, busca de informações em lojas virtuais, entre outras aplicações de tecnologia que estão muito conectadas com os servidores.

Nos cursos, são abordados conhecimentos sobre sistemas operacionais de servidores, análise de dados e relatórios, criação de banco de dados, segurança de informações para sites, entre outros. Várias linguagens de programação são importantes, como Java, C, C++, PHP e Phyton.

Desenvolvedor Front-End

Sabe quando um cliente acessa um site, app ou outro produto digital? Aquilo que ele visualiza é disponibilizado pelo desenvolvedor ou desenvolvedora front-end. Estes/as profissionais são responsáveis pelo material que é visualizado pelo usuário.

Além de conhecimentos técnicos, é esperado que este time de devs seja criativo, ofereça boas soluções e esteja interessado na UX (User Experience), ou experiência do usuário.

Também é possível se tornar um/a web designer ou um programador para UI – User Interface, ou interface do usuário. Entre as linguagens de programação mais usadas por estes/as profissionais, estão: HTML, CSS e JavaScript.

Também é importante saber sobre várias bibliotecas e frameworks, como JQuery, Bootstrap e EmberJS.

Desenvolvedor Full-Stack

O desenvolvedor ou a desenvolvedora Full-Stack tem ótimas chances de se dar muito bem no mercado de trabalho digital, já que sabe de back-end e de front-end. No caso das linguagens de programação, não precisa saber todas elas, mas é essencial dominar as originárias, como PHP, por exemplo.

Mantenha-se sempre atualizado/a

Os/as profissionais de tecnologia precisam de cursos de atualização frequentemente. A cada trimestre surge uma novidade e você vai se destacar na sua profissão e na empresa se estiver de olho no que está acontecendo no mercado neste momento.

Por isso, estudar constantemente fará parte da sua rotina, encare isso como um dos desafios do seu trabalho. Podemos garantir que você terá muito gosto em aprender cada vez mais e que este não será um problema na sua carreira de desenvolvedor ou desenvolvedora.

Pelo contrário, quando você aprender um novo recurso se sentirá mais preparado/a para os desafios do mercado digital e seu valor e importância como profissional sempre vão aumentar. 

Estude inglês 

Quem trabalha com tecnologia precisa saber inglês para prosperar. Você pode até dar sorte e começar sua carreira de desenvolvedor ou desenvolvedora sem dominar o idioma, mas para deslanchar será importante saber se comunicar em inglês.

Nossa sugestão é fazer um curso de conversação com nativos em plataformas online. Atualmente, existem várias escolas que trabalham com este modelo, e ele funciona bem.

Além disso, procure viajar para as feiras internacionais de TI (junte um dinheiro para isso, se conseguir) ou fazer um intercâmbio para uma imersão no idioma.

Muitas portas vão ser abertas se você superar essa barreira, já que empresas possuem times de dev com pessoas de vários lugares do mundo. Além de trabalhar em escritórios no Brasil, você pode ser recrutado/a para atuar em Londres, Boston ou Cape Town. Já pensou nessa experiência de vida incrível?

Soft Skills

Você é uma pessoa fácil de se relacionar, sabe trabalhar em equipe, reconhece os erros e ajuda os/as colegas nos projetos mesmo quando não é a sua obrigação? Se a resposta é sim, parabéns! Você é dotado/a de soft skills.

As habilidades comportamentais, também chamadas de soft skills, são importantes para você se dar bem na carreira de desenvolvedor ou desenvolvedora.

Entre as mais comuns estão empatia, liderança, proatividade, colaboração, flexibilidade, organização, resiliência, saber se comunicar, trabalhar bem sob pressão e ter uma ótima capacidade para resolver problemas.

Se você acha que a carreira de desenvolvedor/a é para você, conheça o Gama Experience. Nós podemos te ajudar a iniciar uma trajetória de sucesso na área! 

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

formacao-desenvolvimento-web

Gama Experience - Formação em Desenvolvimento Web