Saiba como o Microlearning pode melhorar seu aprendizado

Com pouco tempo e muita demanda, empresas estão apostando no microlearning para otimizar o ensino de seus funcionários e funcionárias.

Esse método, que permite uma educação remota, é fundamental para as pessoas que desejam se capacitar e desenvolver novas habilidades.

Por meio de serviços tecnológicos, essa técnica educacional tornou-se tendência no mundo da educação. Atualmente, existem escolas e aplicativos que auxiliam no ensino a distância para profissionais.

Sendo assim, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre este métodos de ensino, como aplicar a tecnologia em sua empresa e na sua vida profissional para melhorar a sua forma de aprender as coisas.

Microlearning como ferramenta de educação

O microlearning é uma abordagem de ensino que permite o aprendizado em um curto espaço de tempo, mantendo a qualidade do ensino.

O método utiliza a tecnologia como uma ferramenta para a educação, com a criação de materiais didáticos que podem ser consumidos rapidamente.

Além disso, essas partes de conteúdo podem ser consumidas uma de cada vez, de forma gradual, sem haver a necessidade de assistir uma antes para compreender a outra.

Cada aula dada no método Microlearning é curta, tem uma linguagem simples e representa uma habilidade a mais que o aluno/a irá aprender.

Este método de aprendizado é muito comum nos meios on-line, por conta da sua facilidade e praticidade. Os cursos, no entanto, também podem ser ministrados presencialmente, apesar de ter um gasto maior de tempo – algo que é contrário a abordagem de aulas rápidas.

O maior exemplo do uso do microlearning é a educação para treinamento corporativo. Uma empresa pode criar conteúdos curtos e fáceis e compartilhar com seus funcionários e funcionárias para que aprendam sobre suas funções, a rotina de trabalho e outros temas.

Tendência na educação

O microlearning tornou-se tendência na educação, por permitir que pessoas estudem e se capacitem em um período curto. Essa necessidade por rapidez surge a partir do momento em que as pessoas necessitam dedicar mais tempo ao trabalho e a outras tarefas.

Segundo uma pesquisa realizada pela Vooozer, empresa de Áudio Marketing, 83% das pessoas afirmam que não têm tempo para estudar de forma tradicional, com a leitura de textos, pesquisas na internet e aulas de longa duração.

Esse número, de acordo com a empresa, cresceu no último ano. Anteriormente, apenas 73% do público alegava falta de tempo para estudar do modo habitual.

O método microlearning, sendo assim, permite que as pessoas se atualizem e adquiram novas habilidades para utilizar no meio profissional. 

No mais, segundo a empresa Deloitte, a geração Millenials é a que mais busca por essa abordagem de ensino, pois seu tempo de atenção médio é de 90 segundos.

Como aplicar o Microlearning 

A abordagem microlearning também pode ser aplicada em empresas, para treinamentos e cursos, principalmente, em atividades que tenham por objetivo o aprendizado e aperfeiçoamento de habilidades dos colaboradores.

Essas aulas devem apresentar um conteúdo pequeno, de duração média de 2 a 5 minutos, e com uma linguagem simples e objetiva.

Além disso, essa abordagem permite que o que será ensinado seja tratado de maneiras diversas. Existem 7 meios possíveis para realizar essas aulas:

•  Gamificação: aprendizado por meio de jogos;

 • Testes: quiz sobre o conteúdo abordado;

 • Simulações de negócios: narrativas e histórias que representam o ambiente corporativo;

 • Estudo de caso: referências reais sobre pessoas e empresas que obtiveram sucesso na área;

 • Posts e artigos online: pequenas leituras e a análises críticas;

 • Podcasts: áudios que podem ser acessados a qualquer momento, com curta duração;

 • Vídeos: conteúdo audiovisual que facilita o aprendizado.

Cada aula irá ensinar uma habilidade, focando em um único assunto, facilitando o aprendizado dos alunos e alunas. Nas empresas, o uso desse método é indicado para duas situações de criação de conteúdo:

Conteúdos de Contextualização: temas que devem ser abordados de maneira geral, sem a necessidade de aprofundamento. Esses conteúdos são feitos para uma pessoa ou equipe de uma empresa, com uma aula com cerca de 3 minutos ou mais.

Conteúdos de Conexão: além de abordar um tema em geral, que é o maior objetivo do microlearning para empresas, os conteúdos de conexão dão ênfase a algo daquele tema.

Nesse caso, uma ou duas etapas recebem destaque, podendo ser ao longo da aula ou com um novo vídeo a respeito.

Como aplicar na vida profissional 

O Microlearning é utilizado para aperfeiçoar e melhorar habilidades que profissionais já tenham, pois essa ferramenta pode ser utilizada para diversos conteúdos. 

Para as pessoas que desejam aplicar essa abordagem, é necessário compreender que o microlearning é um meio de ensino que facilita a vida de alunos e alunas. Ele é utilizado para quem deseja agregar em sua educação de maneira rápida e simples.

É importante procurar cursos que complementam seu trabalho, irão lhe auxiliar com sua vida profissional e te fazer um colaborador mais motivado. Além disso, os conteúdos devem ser gerais. Se for aprofundar, pense em algo específico, que será abordado de maneira pontual, de acordo com o seu interesse. 

Outro ponto é aplicar essas aulas na melhoria de habilidades existentes, pois o aprendizado de um conteúdo novo pode demandar aulas mais extensas.

Ferramentas que podem ajudar com o microlearning

Aplicativos e plataformas de e-learning podem ser uma ótima forma de começar a usar o método de estudo em seu cotidiano para realizar aulas e aprender coisas novas ou mesmo no aperfeiçoamento de habilidades.

Com uma variedade de opções, essas empresas de educação disponibilizam inúmeros temas distintos. Esses cursos, criados para serem consumidos de modo simples e rápido, fornecem todas as informações necessárias para te capacitar no tema de seu interesse.

Além disso, os métodos utilizados podem ser distintos, com a opção de aulas curtas por meio de vídeos, podcasts, textos e artigos, testes e, até mesmo, jogos. 

Gama Station

O aplicativo Gama Station conta com playlists que seguem o modelo microlearning, disponibilizando aulas e conteúdos diversos sobre diferentes temas das áreas de marketing, programação design e vendas, além de soft e hard skills.

Com atualizações semanais de conteúdo, o aplicativo pode ser baixado gratuitamente em nosso site para você começar ainda hoje a aperfeiçoar as suas habilidades e se manter atualizado em com os principais conteúdos do mercado digital.

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.