O Gama Experience em uma palavra: Superação
Marina Bittencourt

O Gama Experience em uma palavra: Superação

Foram às cinco semanas mais insanas e desafiadoras da minha vida: uma imersão completa de conteúdo e experiências que te permite se conhecer e se desenvolver!

De forma simples, essa é a frase resume de fato o que é a vivência no Gama Experience. Neste post, vou contar sem dar spoilers (ou pelo menos tentar!), os 6 fatores que me marcaram muito antes e durante o programa.

Vamos começar do início, e já alerto que você irá terminar essa leitura com vontade de entrar na próxima edição. Vamos lá?

1. A expectativa

Ao me inscrever no programa, a primeira expectativa foi certamente saber se fui uma das selecionadas. Mas, como são muitos inscritos, a resposta não chega de imediato, e quando chegou à resposta dizendo que estava dentro do Gama Experience foi uma mistura de sentimentos e sensações: O que será que virá nas próximas semanas? E com o passar dos dias e horas a expectativa só aumentava!

Quando o programa começou estavam todos (inclusive eu!) em uma mistura de sentimentos, que só quem passa pelo programa é capaz de explicar. É um misto de felicidade (por conhecer os participantes e a galera da Gama) e ansiedade (pelos desafios que estavam por vir).

Além das tarefas semanais (chamadas de assignments) – individuais ou em grupo –, a cada dia você aprende algo novo e somos desafiados constantemente (seja pelos assignments propriamente ditos, pelo grupo ou por você mesmo). É de fato transformador!

Esteja preparado para essa transformação, que irá te proporcionar MUITOS desafios, mudanças e adaptações. Se entregue a essa experiência, que no fim vale a pena!

2. O poder do Autoconhecimento

A gente não sabe de fato qual é o nosso nível de conhecimento comparado a outros profissionais e mercado. Eu particularmente me considerava uma pessoa “incapaz” pelo simples fato de ter medo de arriscar algo novo – diferente – (fora da zona de conforto) e com isso errar. Entretanto, a experiência no Gama Experience te mostra totalmente o contrário!

Durante as cinco semanas, o programa te obriga a perder esse medo de arriscar e colocar de fato em prática todos os aprendizados adquiridos naquela respectiva semana. A cada tarefa – individual ou grupo – você aprende novos conceitos e técnicas, além de desenvolver responsabilidades em seu grupo, mostrando o quanto você é capaz!

E durante todas essas tarefas (principalmente as em grupo) é quase que INEVITÁVEL você precisar realizar atividades que não tem conhecimento prévio (ou seja, não são relacionados à sua área/stack), e posso te afirmar que isso não é o fim do mundo. Do contrário, isso é ter consciência do trabalho em equipe e confiar que você consegue desempenhar outras tarefas SIM!

Quando você tem de fato um objetivo em mente, não faz ideia do que é capaz. Você é capaz, basta querer!

3. Seja Lean: faça o básico

Esse é o conceito chave de toda vivência no Gama Experience. Durante o programa, ouvimos por diversas vezes termos como: seja lean ou faça o básico. Mas, o que de fato é “fazer o básico”?

Eu como profissional de marketing digital admito que sempre me pegava inventando coisas que estão fora de escopo naquele momento, somente pelo simples fato de ter um “baita insight” e querer colocá-lo em prática já. São nesses momentos que eu não estou sendo objetiva e o certo seria primeiramente identificar se aquele determinado insight pode ajudar na estratégia atual que está sendo desenvolvida, ou se este mesmo insight faz sentido neste momento para o negócio.

Quando temos em mente que é necessário fazer o “básico” para entregar determinado projeto, todos os outros processos fluem naturalmente.

4. Controle emocional

Seja no colégio ou na faculdade, você com certeza já participou de algum grupo onde foi difícil lidar com algumas pessoas – ou até você mesmo. Ao trabalhar em grupo é importante saber se desligar de sentimentos de apego ou raiva somente porque a sua ideia não foi aceita, e ter muita paciência para saber dialogar no momento certo, defendendo a sua ideia.

Durante no Gama Experience, isso aconteceu comigo e tive feedbacks que com certeza irão me ajudar a me desenvolver muito nesse sentido.

5. Trabalho em equipe

As tarefas mais desafiadoras são com certeza as em grupos. Mas, que grupos? Cada semana é uma surpresa (#spoiler). São pessoas complementares que serão seus parceiros pelas próximas 5 semanas e muito provavelmente seus amigos pelo resto da vida.

Um grupo me conquistou MUITO. Foi incrível poder trabalhar com pessoas que não se conheciam e que desempenharam um trabalho de forma complementar e unida.

São muitas as memórias e amigos que o Gama Experience me proporcionou, que já tenho um gostinho de “quero mais”. Só quem vive essa experiência sabe descrever!

6. Amigos

Quem me conhece sabe que eu sou do tipo de pessoa mais reservada e até um pouco tímida às vezes. Porém, durante o Gama Experience conheci pessoas maravilhosas que conseguiram em pouco tempo quebrar essa barreira.

É frequente situações onde um ajuda o outro, seja na troca de conhecimento e experiências ou em simples formas de incentivo (como uma frase de “você consegue” ou “vamos lá”), que te dão mais força e mostram que você é capaz.

São pessoas incríveis que com certeza pretendo levar para a vida (seja na vida profissional ou para simplesmente “jogar conversa fora” em bares).

Diante de todos esses fatores que comentei, concluo que estas cinco semanas foram mais que incríveis, impactando como se fossem cinco anos, pela quantidade de conteúdos adquiridos, experiências vividas, desafios enfrentados e pessoas incríveis que conheci.

É SIMPLESMENTE TRANSFORMADOR E VALE MUITO A PENA!


Anterior: A capacidade posta à prova Próximo: 10 dicas de marketing para negócios para o Instagram

Sem Comentário

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Pular para a barra de ferramentas